IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

Comentários da Equipe

É muito gratificante fazer parte da equipe de um programa, e ter como retorno depoimentos de pessoas que declaram que jamais saberiam quem é Matilde Matos, Retrofoguetes, Mãe Stella ou Wim Wenders se não fosse “aquele programa que passa no canal dois dia de quinta”.

Zeca de Souza (aka Zeca Forehead), editor do Soterópolis e jogador de videogame.

 

Inquietação. Uma inquietação boa que faz a gente buscar mais e mais. Essa foi a forma que encontrei para definir o Soterópolis. Para nós, que fazemos parte dessa equipe, a tentativa diária é estimular a reflexão e mostrar arte, cultura e comportamento com qualidade no conteúdo e nos quesitos técnicos. Vida longa para o Soterópolis!

Denise Dias Rabelo, editora e monopolizadora das antenas da Federação.

 

O Soteropolis é o único programa de cultura que abraça o cenário roqueiro da cidade. Através do Sot já conhecemos perfis de bandas obscuras ou pouco conhecidas do grande público, assim como, acompanhamos o desenvolvimento de bandas locais como Ronei Jorge, Cascadura, Pitty, Nancy entre outras figuras rockers do estado. A cena roqueira agradece e espera que o programa continue dando merecida atenção à produção musical independente.

Carol Vieira, pauteira, editora e fã de Morrissey.

 

O Soterópolis sempre prezou pela sua abordagem de temas em toda sua diversidade, de forma ampla e profunda e ao mesmo tempo com uma linguagem simples de fácil acesso para qualquer telespectador. Eu como gente de televisão, homem de teatro e assíduo por notícias sobre arte, cultura e entretenimento, além de ser um dos integrantes da equipe desde seu surgimento, vejo, sem sombra de dúvidas, que o programa é um divisor de águas em relação à forma de passar a notícia com conteúdos e formatos interessantes. Eu acredito que hoje, os artistas, os professores, os estudantes, jornalistas, as donas de casa, as pessoas comuns, vêem arte e cultura de uma forma diferente, e gostam muito.

Edinilson Motta Pará, diretor de cena do Soterópolis e viciado em História em Quadrinhos.

 

O Soterópolis faz jornalismo de qualidade com cuidado, sem preconceito de estilo e atento à diversidade. Chega de colunismo de celebridades! Tem muita gente refletindo e transgredindo por aí, então, vamos dar licença.

Silvana Moura, coordenadora do programa e fã do Sargento Tainha.

Governo da Bahia  ©2017 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.