IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

A caixa não é de Pandora

por Érica Fernandes

Virginia Woolf foi uma mulher à frente do seu tempo. Consciente, crítica e irônica, a escritora, considerada uma das maiores romancistas do século XX, é a autora de um ensaio sobre a condição social das mulheres de sua época: Um Teto Todo Seu.

Na obra, Virginia Woolf investiga também a participação feminina na produção literária e a influência do machismo na indiferença dessa escrita ao longo do tempo. E chega a uma conclusão: somente quando a mulher se torna independente financeiramente e com um “teto todo seu”, ela passa a ter voz ativa e ser condutora de sua própria vida.

Inspirada pela leitura desse livro, a atriz baiana Andrea Elia, junto com o diretor Elísio Lopes Jr., decidiu escrever o espetáculo “A Caixa Não é de Pandora”, em cartaz neste mês de março em Salvador.

Andrea Elia, em entrevista ao Soterópolis

A história é livremente baseada no ensaio de Virginia Woolf e fala sobre a crise de identidade de uma escritora de “romances açucarados” – Pandora Lobo.

Título de Pandora Lobo, protagonista vivida por Andrea Elia no teatro

O título também faz referência ao mito grego que narra a chegada da primeira mulher à Terra e, com ela, a origem de todas as tragédias humanas (“a caixa de Pandora”). Criada por Zeus para vingar Prometeu, Pandora surge na Terra com uma caixa que contém todas as desgraças e um único dom – a esperança, sob a recomendação de jamais abri-la. Vencida pela curiosidade, a caixa é aberta, mas fechada antes de a esperança sair.

“Essa metáfora foi a maneira encontrada pelos gregos para representar, num enredo de fácil compreensão, conceitos relacionados à natureza feminina, como a beleza, a sensualidade e o poder de dissimulação e de destruição.” (Fonte: http://www.significados.com.br)

A caixa NÃO é de Pandora (o espetáculo) exime a protagonista da culpa pelos males do mundo e mergulha no universo feminino e nos dilemas enfrentados por uma Pandora moderna, na busca pela libertação de todas as mulheres que existem dentro dela.

 

Serviço

A CAIXA NÃO É DE PANDORA

Dir.: Elísio Lopes Jr.

Teatro Jorge Amado – Pituba

Até 30/03 (sexta, sábado e domingo) – R$ 20

Deixe um comentário

 
Governo da Bahia  ©2020 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.