IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

O Calabar tem Fome de Arte!

Dois amigos, um arte educador e uma professora de fotografia. Assistiram juntos, acompanhados de outros amigos, a dois documentários que mexeram muito muito com eles: “Lixo Extraordinário” (2011), de Lucy Walker, Karen Harley; e “A Beleza do Subúrbio – uma intervenção fotográfica” (2015), de Sebastian Barreneche. O primeiro, mostra o trabalho do artista plástico Vik Muniz e as obras construídas a partir de material reciclável coletado em um aterro no Rio de Janeiro. O segundo, registra um projeto social realizado com jovens no subúrbio ferroviário de Salvador, em que eles exploram sobretudo a sensibilidade através da fotografia. Após essas duas experiências, Caíque Santana e Alana Murinelly – o arte educador e a professora, respectivamente – pensaram: Por que não fazer algo assim no Calabar?

 

fomedearte2

Com orçamento mínino mas muita atitude, eles convocaram as crianças do bairro a experimentar a fotografia e o grafite, arte nascida nos bairros periféricos dos grandes centros urbanos, e assim nasceu o “Fome de Arte”. No começo, conta Alana, foi difícil convencer os pais, envolver as crianças e envolver todos no propósito maior do projeto: criar nesses pequenos cidadãos uma outra relação com o lugar em que moram, através da arte. “Fizemos o projeto muito rápido e por isso os pais não entendiam muito bem o funcionamento. Mas as crianças adoraram e agora, depois do resultado, tenho certeza que nas próximas oficinas vai ter mais gente”. Foram quatro aulas, sábado pela manhã, em que eles aprenderam noções e fotografia, arte e também história do bairro. Para Caíque, parte fundamental do projeto. “As crianças são como um espelho, refletem o que aprendem. E se elas aprendem pela arte, tudo pode mudar, o destino delas pode ser outro. Eu sei porque foi o que aconteceu comigo, eu tive essa oportunidade”, conta.

O projeto aconteceu apenas no Calabar, entre os meses de fevereiro e março. O próximo passo é captar incentivos e parcerias para que ocorram outras edições, e quem sabe, estender a ação para outros bairros. Visite a página do Projeto no Facebook, veja os resultados da primeira turma e entre em contato com os organizadores: www.facebook.com/fomedearte

Estamos de olho em projetos bacanas que rolam em bairros periféricos de Salvador. Conhece algum? Manda pra gente pelo nosso Facebook ou e-mail: soteropolis@ gmail.com

Carolina Garcia

Deixe um comentário

 
Governo da Bahia  ©2017 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.