IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

EX-CURADOR DA PINACOTECA DO ESTADO DE SÃO PAULO, DIÓGENES MOURA VEIO À CAPITAL BAIANA LANÇAR SEU MAIS RECENTE LIVRO.

Por Caroline Vieira

O escritor e curador Diógenes Moura esteve em Salvador no final do ano passado para lançar seu mais recente livro Fulana Despedaçou o verso.

A obra, editada num formato de livro objeto, e com tiragem de 500 exemplares, seguiu um formato de um pequeno caderno de anotações. Uma mistura de contos e crônicas escritos pelo autor em suas caminhadas pelo Brasil e exterior.

Conhecido pela atividade de curador, Diógenes foi diretor da Pinacoteca do Estado de São Paulo, onde trabalhou entre os anos de 1998 a 2013. Neste período, ele se orgulha de ter ampliado o acervo da instituição para 700 imagens.

No início de 2015, o público pôde visitar a recente exposição sob o olhar atento de Diógenes agora atuando como curador independente. Trata-se da Mostra A Arte da Lembrança Saudade na Fotografia Brasileira, que esteve em cartaz no Itaú Cultural.

Em salvador, o curador foi responsável pela pesquisa e organização de três edições do Festival Agosto da Fotografia, que trouxe entre outros nomes a coleção da Família Chambi. O evento chegou ao fim por falta de patrocínio.

Voltando aos livros. Fulana Despedaçou o Verso é a segunda trilogia iniciada com Ficção Interrompida – uma caixa de curtas, que ganhou o prêmio APCA de contos e crônicas em 2010 e foi finalista no Prêmio Jabuti de Literatura no mesmo ano.

Deixe um comentário

 
Governo da Bahia  ©2019 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.