IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

Histórico de janeiro de 2013

jan
31

O verão de Salvador tá Russo!

Postado por soteropolis

Seja nos bares, nas praias ou nos palcos de Salvador, um nome ecoa em boa hora. Russo Passapusso! Ele tempera com sua voz e poesia o som de bandas como Bembatrio e Baiana System, entre outras. Eu troquei uma ideia com ele na escadaria do Paço sobre música – a palavra que melhor ecoa na poesia desse baiano. Isso e muito mais será mostrado pra vocês no Soterópolis de hoje!

Visite os sites das bandas das quais Russo faz parte atualmente:

Baiana System

Bembatrio

Fotos da carreira no Flickr, aqui.

Escrito por Ricardo Castro

(Nosso servidor está passando por problemas no upload de fotos. Assim que voltar ao normal, incluiremos as imagens desse post.)

jan
26

Mestre André

Postado por soteropolis

É possível fazer literatura em apenas 144 caracteres? Nas asas dessa interrogação eu pousei no saber simpático do professor André Lemos. Nesse breve e prazeroso encontro deu pra perceber que o mestre André não só escreveu um livro no Twitter (+ detalhes, aqui), como escreve uma página determinante para quem tiver o privilégio de ler em sua companhia. Valeu, André! Vou compartilhar com todos os telespectadores do nosso programa os mais de 144 caracteres vindos de você que editei no meu conhecimento. Agora é apertar enter e… Foi!

@andrelemos – Siga André Lemos no Twitter.

Escrito por Ricardo Castro

 

 

jan
17

Entrevista com Márcia Castro

Postado por soteropolis

 

Ricardo Castro em frente à Igreja do Bonfim / Foto: Edivalma Santana

No Soterópolis de hoje eu bato um papo pra lá de bom com a cantora Márcia Castro. Seus discos, parceiros, projetos para o verão baiano e seu encontro com a grande Mercedes Sosa. Márcia, que atualmente reside na capital paulista, tem conquistado prêmios e admiração de gente boa como Gilberto Gil, entre outros. Sua simpatia e bom gosto musical temperam nossa entrevista que aconteceu no adro da Igreja do Bonfim com as bênçãos de Oxalá! Axé!

 

Ricardo e Márcia Castro / Foto: Edivalma Santana

Escrito por Ricardo Castro

jan
17

Quem já foi ao Bonfim muita sorte tem e muita sorte terá

Postado por soteropolis

 

Igreja do Bonfim / Foto: Edivalma Santana

Salve, salve, meus amigos virtuais!!! Já renovaram as suas orações de ano bom? Já agradeceram por todas as conquistas? Já amarraram a fitinha com 3 nós apertados que só cairão quando os seus pedidos forem atendidos? Quem já veio à Bahia sabe que o bairro do Bonfim é sinônimo de devoção. Ele está localizado na Península Itapagipana, entre os bairros da Boa Viagem, Massaranduba e Roma – uma das regiões mais privilegiadas da Cidade Baixa.

 

Espaço Cultural do Bonfim - Dona Marlene / Foto: Edivalma Santana

Na gravação do programa rodado lá, eu conversei com o historiador Carlos Barros, sobre o bairro e a Lavagem do Bonfim. O bate-papo, além de divertido e recheado de vários fatos históricos importantes, foi realizado na varanda de Dona Marlene, uma senhorinha receptiva que mora em frente à Colina Sagrada. Há 8 anos eu vou e acompanho, com fé, a procissão e o cortejo da segunda maior manifestação popular do estado.

Carlos Barros e Vania Dias / Foto: Edivalma Santana

Pra saber mais sobre essa tradicional festa que encanta turistas e, especialmente, marca católicos e adeptos do candomblé que comungam juntos suas crenças, não perca o Soterópolis desta semana. O programa vai ao ar na quinta-feira, às 21h, com reapresentação no domingo, 17. Quem tem fé, vai a pé e, na volta, sintoniza TVE!! Até lá!!

Escrito por Vania Dias

jan
12

Veleiros a Beiramar

Postado por soteropolis

Soteropolitanos do nosso planeta! No programa dessa semana eu tive o enorme prazer de conversar com Dona Adê e Sr. Wilson, seu companheiro de vida e trabalho, no Restaurante Veleiros, que fica na Av. Beiramar no bucólico bairro da Ribeira. Fui saber da receita de um tal pirão de aipim que tinha um segredo e acabei descobrindo que o grande segredo é a alegria e gentileza com a qual eles temperam tudo e todos que passam pelo restaurante. Se vocês quiserem aprender a tornar a vida mais saborosa não percam essa entrevista. E pra não dizer que não falei das flores, o pirão é mesmo uma delícia e compartilhar delícias com os amigos é a melhor receita dessa vida!

 

Dona Adê & Ricardo Castro

Receita pirão de aipim – Restaurante Veleiros

80 g manteiga

10 g queijo ralado

100 ml leite

400 g carne de sol

600 g de aipim amassado

Salada vinagrete para acompanhar

(Endereço: Av Beiramar 399 – Ribeira. Tel.: (71) 3316-1113)

Escrito por Ricardo Castro

jan
10

O mundo e a dança de Larissa Luz

Postado por soteropolis

Larissa Luz

Cheguei cedinho na casa de Larissa aqui em Salvador. Pedro Itan, o diretor artístico, já estava a postos e de instrumento afinado. Larissa nos recebeu um pouco depois toda produzida em um torço (turbante ou pano de cabeça) lindooooooooo! O bate-papo começou antes mesmo do REC e do sinal de ok de Jorginaldo, nosso cinegrafista. Eu queria saber tudo sobre esta nova fase de trabalho dela. A música “Dança Livre”, um dos hits do novo álbum, é de ouvir, dançar e fixar o refrão. A melodia pega, fica na gente. Você pode ouvir as faixas do cd no site http://www.larissaluz.com .

Eu, que sou do jornalismo, mas sou da música e, sobretudo, da arte, me diverti demais nesta conversa que vai ao ar no SOT de hoje, às 21h, na TVE!!!!

No papo musical regado a várias canjas de canções autorais do disco, Larissa nos fala sobre esta nova etapa de sua vida artística. O novo disco passeia por assuntos que abordam a negritude, a arte, a paixão… o disco MunDança, que foi lançado em Salvador e tem previsão de circular também por outros estados, é uma celebração, um convite sincero à “Dança livre” pra deixar todo mundo “Soultão” (músicas do álbum).

Acompanhe com a gente todas essas novidades e fique por dentro do projeto que ela planeja aderir que permite você baixar todo o disco sem pagar um tostão (através do compartilhamento nas redes sociais). Vou nessa, lightmente, que 2013 está só começando e ainda temos muitas novidades por aí!!!! Fique com a gente na TVE-BA ou se conecte através do portal: www.irdeb.ba.gov.br .

Escrito por Vania Dias

 

jan
10

INVERTA – O CORPO e o GROTESCO voltam como tema na exposição individual de Caetano Dias

Postado por soteropolis

Inverta, exposição individual do baiano Caetano Dias, é indigesta. O açúcar usado como matéria-prima para a construção dos corpos-objetos não é doce, ao contrário, é ácido. O artista quer provocar. Deslocar o espectador da zona de conforto.

Logo na entrada, um corpo estendido no chão indica o que nos aguarda. Na sala, um homem abandonado à própria sorte está diante de uma paisagem idílica. O corpo se parece com outros corpos espalhados pelas ruas, pedintes diários que habitam a Carlos Gomes. Ao entrar na Galeria da Caixa, o espectador não encontrará o belo, mas sim, um pedaço da realidade das ruas.

 

Exposição Inverta

Mesmo diante do grotesco, do corpo caído, há algo na atmosfera que nos imobiliza. Será que não é esta a intenção do autor? Mostrar o quanto estamos paralisados diante do horror que habita o dia a dia das nossas cidades?

Enfim, seguimos. Na sala ao lado, a instalação paisagem neoconcreta é mais leve, mas não menos hipnótica.

O concreto das calçadas foi reproduzido. Submerso neste universo de pedras um corpo minúsculo bóia. Às vezes se mexe. Sem deixar de estar enclausurado.

Por fim, a última obra deste artista multimídia tem como suporte a fotografia e a matéria-prima volta a ser o açúcar. O processo não é simples. Primeiro são criados os objetos-corpos-cabeças, depois são feitas as imagens. A ideia do artista é brincar com os antigos álbuns de família. Remeter à memória. A memória do Brasil, da escravidão, da colonização, daí a relação direta com o açúcar.

Novamente, uma morbidez conduz o nosso olhar. Somos capturados pelo jogo de luz e sombra que se projetam das imagens. A repetição do tema nos cansa. Indica que devemos fechar o livro.

Saímos da exposição menos leve do que entramos, mas com a certeza do poder que a arte tem de provocar deslocamentos, sobressaltos e surpresas.

Visite o site da Caixa Cultural e saiba mais detalhes, como dias e horários de visitação.

Escrito por Caroline Vieira

jan
10

Mari ELLA no MAM

Postado por soteropolis

 

Vania Dias, Mariella Santiago e banda

Nesta edição do SOT, eu tive o prazer de conversar com a cantora Mariella Santiago!!! Confortavelmente instaladas na Casa de Tereza, no Rio Vermelho, a gente reuniu a família musical – ela e os irmãos Ângelo e Gil Santiago – para fazer um som e apresentar o projeto “Encontros de Verão”, que acontece aos domingos de janeiro, no Museu de Arte Moderna da Bahia – MAM. Veja programação no blog de Mariella.

Mariella & Vania

Mariella lança o single ELLA, faixa homônima do seu novo disco, e promove esse Encontros com diversos convidados nas áreas de música, artes visuais e gastronomia. O coletivo encabeçado por ela estreia neste domingo com apresentações em um espaço tomado por vídeo instalações de diversos artistas contemporâneos. Nos shows, Mariella recebe grandes nomes da música brasileira, entre eles: Chico César, Márcia Castro, Galvão (Novos Baianos), Raimundo Sodré, Juliana Ribeiro, entre outros.

Pra saber tudo o que vai rolar neste projeto que tem estreia marcada para o domingo (13/01), você não pode perder o SOT desta semana. Quinta-feira, às 21h, a diversão é garantida na TVE!!! Eu vou nessa, lightmente, mas logo, logo eu volto com mais novidades!! Beijão.

Escrito por Vania Dias

jan
3

Covers x Autorais

Postado por soteropolis

Você costuma ir a muitos shows? Geralmente, eles são de bandas covers ou autorais? A partir dessa premissa, entrevistamos alguns músicos atuantes no cenário musical baiano e perguntamos qual a opinião deles a respeito do cover. Será que esse tipo de  trabalho prejudica os espaços dados às bandas com composições próprias?

Mauro Pithon (vocalista da Bestiário e ex-integrante da Úteros em Fúria), Artur Ribeiro (vocalista da Theatro de Séraphin), Ted Simões (vocalista da Cavern Beatles e músico de outros projetos de covers) e Valdir Andrade (músico da Herbert & Richard e músico de outros tributos) foram nossas fontes para a matéria. Os rapazes mandaram bem e deram seu recado.

Conheça um pouco o trabalho deles através dos links abaixo.

Bestiário http://www.tortofonogramas.com/bestiario/
Valdir Andrade http://www.valdirandrade.com.br/
Ted Simões http://www.youtube.com/user/tedsimoes
Theatro de Séraphin http://www.youtube.com/user/theatrodeseraphin?feature=watch

Escrito por Érica Fernandes

 

 

Governo da Bahia  ©2017 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.