IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

Histórico de julho de 2012

jul
27

ICBA reúne artistas contemporâneos em exposição comemorativa

Postado por soteropolis

A exposição Paraconsistentes integra a programação comemorativa dos 50 anos do ICBA, Instituto Cultural Brasil Alemanha. Foram selecionadas obras de 25 artistas contemporâneos, sob a curadoria é de Alejandra Muñoz.

Participam da mostra os seguintes artistas: Ana Fraga, Ana Verana, Ana Paula Pessoa, Anderson AC, Anderson Dos Santos, Arthur Scovino, Bárbara Tércia, Bruno Marcello, Coletivo OSSO, Daiane Oliveira, Evandro Sybine, Fabio Magalhães, GIA, Juliana Moraes, Lia Vaquer, Liane Heckert, Marcius Kouru, Nicolas Soares, Péricles Mendes, Raquel Mascarenhas, Renata Voss, Sarah Hallelujah, Vinicius S.A., Vladimir Oliveira, William A., Zé de Rocha.

A paraconsistência discute a racionalidade em situações em que coexistam proposições e verdades contraditórias entre si. A exposição estimula discussões sobre a arte contemporânea e fica em cartaz até o dia 18 de agosto, na Galeria do Goethe-Institut/ICBA

jul
27

Exposição Soma Bahia reúne trabalhos de 39 artistas plásticos

Postado por soteropolis

Gravuras, fotografias, desenhos, acrílicos sobre tela e técnicas mistas. Trabalhos feitos em diversas técnicas estão reunidos na exposição Soma Bahia, em cartaz, no foyer do Teatro do IRDEB, na Federação. Esse é o quarto ano em que a ação é desenvolvida no IRDEB – Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia.

É uma oportunidade de revelar talentos da casa e também promover intercâmbio com outros artistas. Ao todo, estão expostas obras de 39 artistas visuais, com curadoria de Antônio Lázaro. A exposição Soma Bahia fica em cartaz até o dia 31 de julho.

PARTICIPANTES

Alex Oliveira, Antônio Lázaro, Araripe Jr, Beto Adler, Carlixto Sales, Conceição Andrade, Costa Lima, Dinha Ferrero, Edmundo Simas, Edvaldo Assis, Edvaldo Gato, Guache Marques, Fernando Naiber, Henrique Passos, Yrapuã Almeida, Jenaldo Roda, Justino Marinho, Leila Requião, Leonel Mattos, Lina Côrtes, Maria Luedy, Maurício Requião, Menelaw Sete, Ocaio, Otto Terra, Peturs, Raimundo Santos, Reinaldo Gonzaga, Peters, Raimundo Santos, Robério Cordeiro, P. Pereira, Sérgio Perboni, Simone Castro, Sonia Girard, Tereza Mazzoli, Ubiraci Tibiriçá, Willi de Paula, Washington Salles.

jul
26

Rock Concha

Postado por soteropolis

Nosso apresentador Ricardo Castro no Rock Concha

Quem vive em Salvador e gosta de rock sabe a falta que faz um evento como o Rock Concha por aquelas bandas. Pouca gente sabe, mas o Rock Concha já rolou em outras ocasiões, e a mais recente havia sido há 12 anos; pelo evento já passou Legião Urbana, Engenheiros do Hawaii, Paralamas do Sucesso e mais um monte de feras.

Na edição de 2012, o Rocj Concha levou ao palco da Concha Acústica do Teatro Castro Alves o Cascadura, em seu primeiro show após o lançamento do aguardado disco Aleluia; Agridoce, projeto paralelo de Pitty e Martin Mendonça, com um som mais folk e intimista; Vivendo do Ócio e o eletrizante show de O Pensamento é um Imã além do show da turnê Cabeça Dinossauro dos Titãs.

No primeiro dia, uma sexta-feira 13, o Cascadura apresentou ao público seus dois novos integrantes além de Fábio Cascadura (voz/guitarra) e Thiago Trad (bateria): o baixista Ricardo Cadinho e o guitarrista Du Txai. O “Casca” apresentou algumas das canções do Aleluia pela primeira vez, e montou um repertório de músicas novas misturadas à velhas conhecidas dos discos Bogary e Vivendo em Grande Estilo.

A montagem de palco entre um show e outro já deu o dom do que estaria por vir, e o Agridoce adentrou o palco sob gritos de uma platéia eufórica, a quem a banda deu canções folk prezando pela melodia e pelos arranjos. O projeto deixa claro que a musicalidade de Pitty e Martin transcende o rock pesado, e tem muito mais a oferecer.

Concha lotada, plateia eufórica

 

 

No segundo dia de Rock Concha a Vivendo do Ócio já chegou “chegando”, como se diz na Bahia. Misturaram as músicas de seus dois discos para uma platéia que sabia cantar a maioria das letras; destaque para “Nostalgia”, em que a banda celebra a saudade da Bahia, e que contou no palco com as participações de Pitty e Martin. A música teve clipe lançado recentemente, com direção de Ricardo Spencer, que você vê aqui neste link.

Com a Concha Acústica completamente lotada, os Titãs vieram ao palco com a introdução de bateria de “Cabeça Dinossauro”, a faixa que dá nome ao clássico disco, e motivo desta turnê da banda. Originalmente um octeto, os Titãs hoje são oficialmente Toni Belloto, Paulo Miklos, Branco Mello e Sérgio Britto. No repertório, fizeram todas as músicas do Cabeça Dinossauro e completaram o setlist com canções mais “rock” e menos “xurumela” como Nem Sempre se Pode ser Deus e A Verdadeira Mary Poppins. E o público foi pra casa de alma lavada.

 

 

jul
25

Jovens lebres do rock

Postado por soteropolis

Imagine quatro adolescentes na faixa dos 17 anos, cheios da energia pueril característica da idade, tocando rock sem firulas e influências da MPB. Que possuem como referências monstros sagrados do gênero como AC/DC e Motorhead. Que não se importam em serem virtuosos em seus instrumentos, priorizando a sonoridade crua de duas guitarras, um baixo e uma bateria, além de um vocal rasgado  a lá Velhas Virgens.

 

Estes quatro jovens compõem a Gozo de Lebre, banda com pouco mais de um ano de vida, mas que já conta com o aval de nomes importantes do cenário rocker local, como o jornalista Chico Castro Jr. e o incansável produtor Rogério Big Bross.

 

A musicalidade dos garotos pode ser conferida no EP Rock até umas Hora, disponível na internet, e no videoclip da música Barulho, dirigido por Alexandre Guena e que conta hoje com quase 10 mil visualizações no Youtube.

 

As composições da banda falam basicamente sobre o universo do rock e da adolescência: Nicotina, Atirando no Escuro, A Puta e a Besta e Meu Bom e Velho Rock´n´Roll, são alguns dos exemplos da linha que eles procuram seguir (para baixar as músicas da banda, acesse http://www.gozodelebre.tnb.art.br/) . O Soterópolis conferiu um ensaio do grupo e conversou com os jovens roqueiros. Assista nessa quinta, às 22h, com reprise no domingo, às 18h!

 

Gozo de Lebre (da esq. p/ a dir.): Mateus Prates, Enrique Araújo, Daniel Souza e Thiago Schindler

 

 

 

 

jul
25

Ponto G – Diversidade na internet

Postado por soteropolis

Tem Ponto G no Soterópolis de amanhã!

Você já conhece os sites baianos com enfoque na comunidade LGBT?

 

Se não conhece, vai conhecer. O quadro mais colorido da televisão soteropolitana, apresentado por Eugênio Afonso, vai falar justamente sobre esse segmento no mundo virtual.

Giba e Eugênio durante a gravação da matéria

 

Três realizadores de sites influentes conversaram com a gente:

Genilson Coutinho – Dois Terços: www.doisterços.com.br

Hugo Porto – Portal Flavour: www.portalflavour.com

Gilmario Nogueira (Giba) –  Blog Cultura e Sexualidade: www.ibahia.com/blogs/sexualidade

Há muitos outros sites e blogs que abordam essa temática , porém não não deu tempo de citá-los na matéria. Fica a dica de alguns sites que aparecem rapidamente nas imagens da matéria.
http://www.ggb.org.br
http://www.culturaesociedade.com/cus/
http://www.escandalotour.com.br/
http://mixbrasil.uol.com.br/index.shtml
http://www.ggb.org.br/
http://www.mundomais.com.br/
http://acapa.virgula.uol.com.br/

Contribua conosco! Se souber de mais sites baianos com essa temática, deixe o link abaixo, no espaço dos comentários.

Confira amanhã no Soterópolis, às 22h, na TVE.
Reprise no domingo, 18h.

Créditos da matéria
Produção: Bela Trigo e Itacília Lôbo
Imagens: Rhamidfan Cardoso e Rubem Araújo
Edição: Bela Trigo

jul
19

Exposição Newton Mesquita

Postado por soteropolis

FAZENDO GENTE” é o nome da exposição do paulistano Newton Mesquita, formado em arquitetura, que está no Palacete das Artes Rodin Bahia.

Através da representação de pessoas anônimas, que ora observam, ora são observadas; Newton “faz gente”. Ele utiliza de imagens de figuras famosas, mas que poderiam ser qualquer um, valorizando a beleza do anonimato. Além disso, mostra corpos despidos de mulheres representando os diversos olhares.

 

SERVIÇO

Exposição “Fazendo Gente”

Newton Mesquita

Palacete das Artes Rodin Bahia

Até 2 de Setembro

 

 

jul
19

Salão de Chocolate inspira uma receita cheia de assunto

Postado por soteropolis

 

 

Depois da Vassoura da Bruxa e de todos os seus impactos negativos, o cenário parece favorecer o retorno da prosperidade. Hoje, a Bahia já assina a produção de mais da metade do cacau brasileiro e está se especializando em chocolates finos feitos com frutas selecionadas.Vania Dias foi conferir o maior e mais importante evento mundial do setor: o Salon du Chocolat para acompanhar as novidades e saber dos chocólatras o que tem de especial neste doce que é paixão internacional. O encontro foi realizado pela primeira vez na América Latina e reuniu os melhores produtores e pesquisadores no ramo em Salvador.Do outro lado da cidade, Ricardo Castro foi ao cinema motivado pela procura de um filme em cartaz que também falasse chocolate. Ouviu algumas pessoas e um telefonema inesperado mudou todo o percurso da nossa dupla.Eles terminaram a noite no templo culinário da cozinheira Kátia Najara que fez para os dois uma receita inusitada e inspirada nas novidades do Salun. Cinema, Chocolate e prazer se misturam nesta matéria. Pegue papel e caneta pra tomar nota da Torta Nostalgia ou Cheia de Assunto. É de dar água na boca!! Isso e muito mais no Soterópolis de hoje, 19 de junho!!!

 

jul
19

“Sonhos”, circo e cinema

Postado por soteropolis

Muitas vezes um sonho encontra alguns percalços no caminho, antes de se tornar realidade. 
Mas se a intenção é boa e a força de vontade persiste, tudo dá certo no final!

É por isso que o filme Sonhos, da Plano 3 Filmes, faz parte da conjuntura atual de efervescência no audiovisual baiano.

Cheios de sonhos, e de vontade de ver o filme, nós entrevistamos a equipe da Plano 3 durante toda uma manhã, num pequeno circo localizado no bairro do Retiro, para nos falar dos desafios de realizar “Sonhos”. O curta é uma história original, escrita pela equipe, para falar de uma forma diferente do amor e do circo, temas que já estão presentes em outros trabalhos deles.

 

Na foto: a Plano 3 Filmes e Jonas Laborda
Da esquerda para a direita: Haroldo Borges (direção e direção de fotografia); Paula Gomes (produção e roteiro); Ernesto Molinero (direção); Marcos Bautista (produção de arte); Jonas Laborda (ator principal) .

Depois de perguntar de tudo para a equipe, usamos as imagens exclusivas de Remo Albornoz, capturadas durante a gravação do curta.

Entrevistamos também Jonas Laborda, o cativante ator mirim que interpreta o personagem principal do filme, que já era palhaço de circo antes de atuar no cinema.

Jonas Laborda, ator e palhaço.

 

A reportagem e a edição são de Bela Trigo. Rhamidfan Cardoso foi o cinegrafista.
Agora pra valer, sem percalços, vamos mostrar que sonho é esse que a plano 3 filmes está realizando!

Hoje, 22h no Soterópolis
Reprise domingo 18h
TVE Bahia

jul
18

Na Rede – Teatro Nu

Postado por soteropolis

O Na Rede” desta semana dá uma dica pra você que aprecia as artes cênicas: o site do grupo Teatro Nu, um espaço na web que propõe ser um ambiente de discussão e reflexão sobre dramaturgia, cultura e sociedade com foco nas produções baiana e mundial.

 

O site acabou de passar por uma reformulação, e com cara nova, oferece notícias, fotos e videos de montagens e projetos.

 

Você pode ter acesso à vida e obra de diversas gerações que escrevem para o teatro da Bahia e ler artigos periódicos dos fundadores do site Jussilene Santana e Gil Vicente Vavares, assim como de convidados que trazem críticas e reflexões sobre arte, teatro, música, cinema, cultura e sociedade.

 

É só acessar WWW.teatronu.com

 

jul
18

O novo vôo da Radiola

Postado por soteropolis

Um dos principais grupos da chamada “cena alternativa” de Salvador, a Radiola completou no ano passado 10 anos de atividades. Não é pra qualquer um manter uma banda por tanto tempo (levando em consideração o fenômeno do “vôo da galinha”, frequentemente visto em bandas locais).

 

Como prova de sua consistência, a banda lançou recentemente o terceiro disco, ArRede – Tempo sem Nome, que pode ser considerado como seu melhor trabalho. A maturidade se mistura a influências novas como o dub e o ska, além da presença fundamental da Nancy Viégas dividindo os vocais com Fabio Dias.

 

Atentos a realidade fonográfica, o grupo disponibilizou o álbum gratuitamente no site WWW.bandaradiola.com.br/arrede/ (os outros dois discos – Dois de Fevereiro, de 2006, e Gelo Liso é Paraíso pra quem Sabe Dançar, de 2009 – também podem ser encontrados no site da banda).

 

ArRede - Tempo sem Nome

Vania Dias conversou com a banda sobre este novo voo, que promete não ser como o da galinha. Assista no Soterópolis dessa quinta!

 

Governo da Bahia  ©2017 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.