IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

Histórico de julho de 2011

jul
29

O Reggae vai agitar a praça Tereza Batista

Postado por soteropolis

O reggae roots, (o reggae original), é o começo da história do Reggae. O reggae começou no Brasil a mais de 30 anos, Salvador é a primeira cidade a reconhecer o Reggae como legítima manifestação cultural e a contribuir para o crescimento do reggae brasileiro.

Como resultado da expansão cultural do movimento Reggae em Salvador foi instituído o dia 11 de maio como o Dia Municipal do Reggae, data em que se homenageará o ritmo musical difundido por Robert Nesta Marley, conhecido como o “Rei do Reggae.

Criado na Jamaica  ritmos que falam de sofrimento, das angústias, das conquistas, das alegrias e tristezas, de fé e de sensibilidade com a vida, libertação, músicas de protesto. Espalhou-se pelo mundo e fincou raízes no Brasil, em especial na Bahia e Maranhão.

O reggae  não é só musica é também um estilo de vida, expresso na maneira de ser, de se comportar e de pensar, vivido pelos  rastafári. Sendo assim Kamaphew Tawa,  banda Aspiral do Reggae e convidados vão agitar a Praça Tereza batista neste sábado.

O evento de musica reggae em Ação será uma oportunidade do publico ouvir e curtir a boa musica Reggae Roots, Vale a pena conferir!!!

 

QUANDO: 30 de julho de 2011

ONDE: Praça Tereza Batista- Pelourinho

QUANTO: a sua valiosa presença

INFORMAÇÂO: 8776-4388 (Jussara Santana – Produtora Cultural)

 

 

Por Andréa Chaves

 

jul
29

O espetáculo Amêsa está volta a Salvador

Postado por soteropolis

O espetáculo Amêsa é baseado no texto “Amêsa ou a Canção do Desespero” do dramaturgo angolano José Mena Abrantes, que vivenciou o contexto da luta pela independência angolana e acompanhou a guerra civil do país. Por isso, é impossível pensar a obra distinta da história de Angola, assim como não dá para separá-la da história do próprio autor.


O texto conta simbolicamente o decorrer de um século de guerras em Angola. O espetáculo se concentra nas cicatrizes deixadas pela recente guerra civil do país (1975-2002), a partir das memórias da personagem Amêsa, que revive e narra sua própria história.

 

Sua narrativa parte, não dos fatos, mas das marcas que ficaram em seu corpo e em sua alma, assim, a personagem embarca em um rio de lembranças e numa intensa busca pela própria identidade se deparando com sua condição humana e limitada. Um mergulho no inconsciente coletivo de um povo em busca de revelar e expressar uma Angola que ainda grita e sente na pele de seus filhos a dor da guerra, tudo isso abordado com a delicadeza, o requinte e a sutileza da poesia de Mena Abrantes.

 

O espetáculo Amêsa fará uma temporada curtinha de 4 apresentações no Teatro XVIII,  Pelourinho                     de 18 a 21 de Agosto de 2011  às 19:00                                                                                                                                                                Ingressos: 5 reais ( preço único!)

 

 

Por Andréa Chaves

jul
28

Sarau da Onça

Postado por soteropolis

A partir do interesse de um grupo de amigos no bairro de Sussuarana que tomou como referencia o Sarau Bem Black e o Sarau da Cooperifa , o Sarau da Onça, (filho da nossa terra), foi criado afim de sensibilizar as pessoas da comunidade p

ara com os problemas que esta possui. ” A arma utilizada são as palavras da boca dos poetas e poetizas das baixadas e vielas do bairro.”

 

O grupo tem feito apresentações no bairro onde vem arrastando vários participantes, é uma evento aberto para qualquer pessoa, independente de raça, religião ou segmentação politica, se mostra aberto para os convidados também participarem através de discussões ou até mesmo levando suas poesias.

A próxima apresentação ocorrerá no dia 30.07, no CENPAH  ( Novo Horizonte – próximo a casa da Irmães da Providência ), a partir das 18:30 hrs.
O que: SARAU DA ONÇA
Quando: 30/07/2011
Onde: CENPAH – Novo Horizonte
GRATUITO
Por Andréa Chaves
jul
28

Ensaio aberto Radiola no Vila do Rock

Postado por soteropolis

Pensar e repensar possibilidades criativas no processo artístico faz parte… Dando um tempo na finalização do seu próximo disco, a Radiola realiza um ensaio aberto no Cabaré dos Novos do Teatro Vila Velha, dia 4 de agosto (quinta feira) dentro no Projeto Vila do Rock.

No show serão apresentadas pela primeira vez músicas do novo disco, além de músicas já conhecidas da banda e terá a participação de Edbrass (Zambotronic, Tritor), que acaba de voltar de São Paulo, onde estava morando há 4 anos.

Produzido por Tadeu Mascarenhas e NancyViégas, o disco será lançado ainda este semestre e faz parte do projeto ArRede, idealizado pela dupla e realizado pela Radiola.

Uma ótima oportunidade de ver a Radiola em pleno processo criativo no palco.

Serviço:

Ensaio aberto Radiola no Vila Rock

Data: 04/08 | qui | 20h

R$ 20 e R$ 10 (meia entrada)

Cabaré dos Novos – Teatro Vila Velha

O evento ainda vai contar com a já conhecida “Lista Amiga”.
Para participar, basta enviar um e-mail para comunicacao@teatrovilavelh​a.com.br, colocando no assunto do e-mail “Vila do Rock”, com o nome completo e RG, e assim, você poderá pagar meia-entrada no show da Radiola.

 


Por Andréa Chaves

 

 


jul
26

Magary recebe o Cabeça de Nós Todos em show gratuito no Pelourinho

Postado por soteropolis

Nesta quinta-feira, dia 28/07, Magary Lord se apresenta na Praça Pedro Archanjo no Pelourinho, a partir das 21h. O músico convida os integrantes do projeto Cabeça de Nós Todos para abrir a noite.


Cabeça de Nós Todos é um grupo de parceria entre os novos músicos e compositores baianos. Além de Magary, fazem parte Saulo Fernandes, Peu Meurray, Fábio Alcântara, Emerson Taquari e Leonardo Reis.  O projeto tem como objetivo proporcionar um show de Música Popular Brasileira (MPB) com composições autorais e arranjos próprios, porém com influências nos clássicos como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Dorival Caymmi, dentre outros artistas.


A ideia é, como diz o próprio Magary, reunir várias cabeças com o mesmo pensamento: apresentar ao grande público as canções dos novos compositores da música baiana. O Cabeça de Nós Todos, que está no estúdio preparando o primeiro disco, se apresenta pela segunda vez como convidado de Magary no Pelourinho. A festa começa a partir das 21h na Praça Pedro Archanjo, e a entrada é gratuita.


Confira vídeo da música “Carteira de Estudante”, composição do Cabeça de Nós Todos, em show no Pelourinho em maio deste ano:

http://www.youtube.com/watch?v=AzRkfRJfMOc


SERVIÇO

O QUE: Magary Lord & Cabeça de Nós Todos

QUANDO: 28 de julho (quinta-feira), a partir das 21h

ONDE: Praça Pedro Archanjo (Pelourinho)

QUANTO: grátis


Por Andrea Chaves


jul
26

Seminário Internacional de Cinema e Audiovisual – Cinefuturo

Postado por soteropolis

Cine Futuro define um novo conceito do Seminário Internacional de Cinema e Audiovisual, que neste ano de 2011 chega a sua sétima edição consagrado como um Festival para quem pensa, faz e curte a sétima arte.

Debater as transformações contemporâneas do universo audiovisual se faz necessário neste início da segunda década do século XXI, pois as mudanças na produção, distribuição e formatos de filmes, ocorridos nos últimos dez anos, foram notórias.
O Portal do IRDEB está transmitindo, com exclusividade, a sétima edição do Seminário Internacional de Cinema e Audiovisual – Cinefuturo. Acesse e acompanhe ao vivo: www.irdeb.ba.gov.br
De 25 a 30 de julho de 2011

Por Andrea Chaves

jul
22

Está em exposição o espetáculo inspirada na peça “Minha Poesia de Amor”

Postado por soteropolis

Está em exibição desde 09 de julho, na Galeria Nilda Spencer (Escola de Teatro UFBA), a exposição do artista visual Marcos Costa, inspirado no espetáculo teatral “Minha Poesia de Amor.” A peça é dirigida por Mayana Leitão e está em cartaz no Teatro Martim Gonçalves, no Canela.

A Obra, uma faixa nas dimensões 0,23m x 30m, foi concebida utilizando a técnica spray e pastel seco sobre papel. Ela representa com irreverência o story board do espetáculo Minha Poesia de Amor, porém com toques de abstração e traços gráficos gestuais. As cores marcantes e grande ritmo visual tomam toda a Galeria Nilda Spencer, interferindo-a com poesia visual e a simples maestria da linearidade.

“Minha Poesia de Amor” conta a delicada história de Leonard, quando é abandonado pela pessoa com quem se relacionava. Abalado, ele cai em depressão, e de repente, vê seu universo mudar quando se apaixona, ao mesmo tempo, por Madelleine e Jullian, e ter que administrar um triângulo amoroso.

SERVIÇO

Exposição Inspirada no Espetáculo Minha Poesia de Amor – Marcos Costa

Local: Galeria Nilda Spencer (Escola de Teatro – UFBA). Av. Araújo Pinho, Canela.

Visitação: Até 31 de Julho de 2011.

Informações: (71) 8828-8061/ (71) 9236-2120

Entrada Franca

 

Por Andrea Chaves


jul
22

Mexe-Up Ayê movimenta Cidade Baixa com programação cultural diversificada

Postado por soteropolis

Mexe-Up Ayê, O evento consiste em apresentar diversas manifestações autorais: música, dança, poesia, performances, exposições e intervenções teatrais,
criando trocas artísticas instigantes.

A localização do evento é fator determinante para a construção da proposta, pois a ocupação artística efervescente vem para desafiar e transpor barreiras sociais
e estéticas. Sincretismo, experimentação, desterritorialização e multiplicidade em busca de originalidade são a tônica do evento, marcado pela presença de artistas
alinhados com o desejo de rebuliço.

Nesta edição, o cantor, compositor e produtor musical Daniel Mã, atua como uma espécie de “anfitrião” convidando outros artistas para interagir com o ambiente
cultural local. Em seu novo projeto musical 1B2, Mã parte para um diálogo entre o retrô e o moderno, combinando as sínteses criativas de seu caráter multicultural.

Mexe-Up Ayê inaugura a nova grade de atividades culturais do segundo semestre do Espaço Cultural SESI – Itapagipe, na Cidade Baixa, tendo como
proposta realizar sempre um encontro mensal de troca artística. Confira abaixo a programação do projeto piloto.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MAIS INFORMAÇÕES:

O QUÊ – Mexe-Up Ayê
QUANDO – Dia 28 de julho, quinta-feira, às 18hs
ONDE – Espaço Cultural SESI – Telefone – (71) 3254-9926
Endereço Av. Tiradentes, 209, Caminho de Areia
Em frente ao Largo do Papagaio.
QUANTO – Gratuito

 

Por Andrea Chaves

 

 

 

 

 

jul
21

COMÉDIA DE COSTUMES, AS REPLICANTES, RESGATA TRADIÇÃO DE MOLIÈRE

Postado por soteropolis

O Bom humor volta a satirizar a estrutura familiar e os costumes da sociedade


O espetáculo escrito pelo dramaturgo baiano Ivan Santos e dirigido por Marcos Oliveira faz parte da segunda edição do projeto AÇÃO FORMAÇÃO, patrocinado pela Petrobras, que visa a formação de público frequentador de teatro, bem como contribuir com a formação profissional de novos artistas.

 

O elenco reúne alunos e ex-alunos da Sitorne – Estúdio de Artes Cênicas e é composto por Saymon Smarçaro, Raissa Xavier, Andréa Pinheiro, Ayran Reis, Gabriel Gonçalves, Marcela Luciano, Lorena Vasconcelos, Marli Souza e Álvaro Cabral.

 

No texto, a pobre e explorada empregada Panchita (Ayran Reis) trabalha na casa do velho avarento Antônio Palmeirão (Saymon Smarçaro), que buscando um meio de aumentar sua fortuna, decide casar seu único filho, Isaac, de quem questionam a masculinidade, com a herdeira de uma família muito rica da capital, fato que alegra sua esposa Lucrécia Palmeirão (Raissa Xavier), que mantem um caso extraconjugal com o cozinheiro Chiquinho. Muita confusão acontecesse quando se aguarda a chegada da rica herdeira e outras pessoas acabam sendo confundidas com ela.

 

Trata-se de uma comédia de costumes, gênero criado pelo francês Jean-Baptiste Molière e que teve no Brasil expoentes como Arthur Azevedo e França Jr. Com tendência ao nonsense, aborda temas que vão desde a conturbada relação familiar até a exploração das classes menos abastadas, passando por traição conjugal, casamento por conveniência e por fim a busca do verdadeiro amor.

 

O quê? Espetáculo AS REPLICANTES

Quando? De 15 de julho à 06 de agosto Sextas e Sábados

Horário? Às 20hs

Local? Café Teatro Sitorne (Rua Deputado Cunha Bueno, nº 55, Rio Vermelho, 71 3347-7089www.sitorne.com.br )

Quanto? R$ 20 (inteira). R$ 10 (meia) e R$ 5 (conveniados)

 

Por Andrea Chaves

 

jul
21

Hoje tem AMPLIFICADO

Postado por soteropolis
O Soterópolis está de férias. Mas nós estamos reprisando os melhores programas para matar a saudade e relembrar bons momentos, sempre nos mesmos dias e horários. Quinta às 22h e domingo às 18h na sua TVE – BA.
Confira a primeira edição do quadro. Amplificado
E não esqueçam da campanha no Twitter
Dá um RT aê! @soteropolis Mande suas ideias e sugestões para nós #Novo_Soteropolis_Com_A_su​a_Cara!

Email: soteropolis@gmail.com

(71) 3116-7377

 

 

Por Andrea Chaves

 

Governo da Bahia  ©2017 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.