IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

Histórico de dezembro de 2010

dez
30

Moda e estética no Verão 2011

Postado por soteropolis

522214733_8250afc022

O verão começou oficialmente no dia 21 de dezembro, mas as pessoas começam os seus rituais de preparação para a estação mais esperada do ano. Alguns optam por academias, outros preferem curtir a bela paisagem da orla de Salvador e correr à beira-mar. Uma grande parte, que perdeu tempo de iniciar o projeto verão antes, opta por tratamentos estéticos para tentar reduzir medidas e gordura localizada a tempo de mostrar o corpo remodelado no verão.
(more…)

dez
30

Pólvora e Poesia no Ponto G

Postado por soteropolis

O quadro Ponto G dessa semana tratou da relação conflituosa entre os poetas Paul Verlaine e Arthur Rimbaud. Rimbaud era um poeta jovem e transformou a vida de Verlaine, até então um poeta oficialmente casado, num turbilhão de angústias, emoções e delírios. É justamente disso, que o espetáculo Pólvora e Poesia, dirigido por Fernando Guerreiro, trata.

Conversamos com Guerreiro e os atores Talis Castro e Caio Rodrigo, respectivamente Rimbaud e Verlaine, sobre a aceitação do público baiano ao espetáculo que trata sobre o relacionamento entre dois homens,  quais  foram dificuldades encontradas em fazer um espetáculo com essa temática e mais uma série de questões que se desdobraram no decorrer do bate papo.

A dimensão do universo poético que percorre todo o momento do espetáculo é fruto justamente do belíssimo trabalho do dramaturgo Alcides Nogueira e da montagem baiana, que conseguiu construir um cenário minimalista, com uma grande mesa que logo no início do espetáculo se dividi ao meio e serve de espaço para os atores se degladiarem, dando ritmo através da sonoridade provocada pelos passos, pulos e todas as formas possíveis de relação,  despertando diversas sensações na platéia que se distribui ao redor, como num teatro de arena.

“Se hoje estivesse vivo, Rimbaud seria um músico de rock”, afirma Paulo Leminsky no texto O Poeta Roqueiro. A quebra de regras dos sentidos, defendida por Rimbaud, foi influência para muitos músicos, inclusive os que tinham como marca a transgressão, entre eles: Cazuza, Renato Russo, Mick Jagger, Bob Dylan, Janis Joplin, Jim Morrison, Kurt Cobain e muitos outros.

Além de Pólvora e Poesia, que retorna em cartaz no dia 7 de janeiro até o dia 20 de fevereiro, no Espaço Cultural Barroquinha, as sextas e sábados, 20h, e aos domingos, 19h, quem quiser saber mais sobre Rimbaud e Verlaine, podem assistir ao filme Eclipse de uma paixão (1995), do diretor Agnieszka Holland e Wilde – O primeiro homem moderno (1997), de Brian Gilbert.

A biografia do escritor Oscar Wilde, autor do livro O Retrato de Dorian Gray, é marcada por uma história semelhante a de Rimbaud e Verlaine. Casado, com dois filhos, se envolveu numa paixão com Alfred Douglas e foi preso, acusado de conduta homossexual.

Wilde, assim como Rimbaud, via a possibilidade de transgressão como ato de libertação.

Cena do filme "wilde - o primeiro homem moderno"

wilde - o primeiro homem moderno (1997), de Brian Gilbert

cena do filme "Eclipse de uma paixão"

Eclipse de uma paixão (1995), de Agnieszka Holland

dez
30

Os célebres passos da dança em 2010

Postado por soteropolis
 

 

O dançarino de butô Tadashi Endo em Ikiru, uma homenagem a Pina Bausch.

O dançarino de butô Tadashi Endo em Ikiru, uma homenagem a Pina Bausch.

 

A diversidade de questões, assuntos e experimentações na área da dança pôs em evidência diferentes formatos e prospostas estéticas. Artistas, grupos e festivais , como o Festival Latino-Americano de Teatro e o Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia contribuíram para o intercâmbio com outras linguagens e para exploração de outros recursos e espaços cênicos, como fez o Coletivo Vagapara no espaço “Casa Preta”, um casarão no bairro Dois de Julho, em salvador e a companhia BoanDanz da coreógrafa cubana Marianela Boan, com espetáculo “Falso Testemunho”, que se propôs a editar cenas da coreografia em tempo real.
Os solos de dança se revelaram este ano como uma alternativa de apuro técnico e  artístico muito consistente, a série do Coletivo Vagapara intitulada “Fragmentos de um só” é um exemplo desse trabalho. Além disso, os experimentos motores autônomos e isolados de cinco artistas baianos, em versões de um mesmo texto da escritora norte-americana Gertrude Stein, para  o espetáculo “5.Sobre.O.Mesmo”. Acompanhando a tendência, o Festival Vivadança e o Balé Teatro Castro Alves também enveredaram por esse caminho. Investindo na pesquisa de indentidade e autoria do grupo, os bailarinos do BTCA criaram 20 solos, para serem apresentados em ruas, praças e espaços públicos. Numa cabine, apenas o intérprete e o espectador. O nome: 1 Por 1 Pra Um. Todos os passos célebres da Dança no ano de 2010 você acompanha no Soterópolis desta semana. Quinta-feira, às 22h. Reprise no domingo, às 18h. Até lá.

 

dez
30

Smetak: O Alquimista do Som

Postado por soteropolis


foto cedida por Jessica Paoli Smetak

foto cedida por Jessica Paoli Smetak

A exposição com as plásticas sonoras do gênio suiço Anton Walter Smetak pode ser vista no Centro Cultural Solar Ferrão , no Pelourinho.

É um programa maravilhoso, gratuito e para todas as idades.

Ele nasceu em Zurique no abençoado dia 12 de fevereiro de 1913, o destino trouxe-o ao Brasil e depois do Rio Grande do Sul e de São Paulo,  ele veio morar na Bahia. Em 1957 foi convidado pelo professor Hans Joachim Koellreuter para a Universidade Federal da Bahia, onde atuou durante 12 anos como primeiro violoncelista da Orquestra Sinfônica da UFBA. Quem teve a oportunidade de ouvir, afirma que o som do seu cello era esplendoroso.

Além de excelente instrumentista, ele era um inventor, um pesquisador, um homem a frente de seu tempo. Em 1968, já tinha cerca de 100 instrumentos experimentais de cordas, arcos, sopro, percussão e cinéticos.

Alguns desses instrumentos estão na exposição.

Para conhecer mais a obra do mestre, leia o livro de Marco Antonio Scarassati, Walter Smetak: O Alquimista dos Sons, Editora Perspectiva/Sesc , 2009.

Tem também em pdf a dissertação Entre Música e Artes Plásticas: as experiências de Walter Smetak  na Bahia de Todos os Santos de Paula Silveira de Paoli

Ouça aqui uma faixa do disco Smetak de 1974
IÊÉAÓÔUlinabobardi_50/18.pdf”>

dez
30

A Bahia e Música em 2010

Postado por soteropolis

Quem diria que um dia Salvador receberia grandes shows internacionais? Falemos dos grandes mesmo, não dos artistas decadentes que aparecem na Bahia pra tirar uns trocados. Em 2010, tivemos por aqui Beyoncé, Black Eyed Peas e 50 Cent, três dos nomes mais rentáveis do pop internacional que incluíram Salvador na rota de suas turnês.

Beyonce

Se em termos de mercado a coisa cresceu por um lado, perdeu de outro: o fechamento da casa de shows Boomerangue (Rio Vermelho) deu uma enxugada considerável na quantidade de apresentações de artistas independentes (locais ou não) que se tinha na cidade, assim como algumas festas de discotecagem fixas no calendário mensal.

2010 foi o ano em que a banda de rock baiana Cascadura se despediu dos trabalhos em seu quarto disco, “Bogary”, com o lançamento do DVD “Efeito Bogary”, em que a produção e a concepção do disco são esmiuçadas para o público. A banda já se encontra em estúdio preparando seu próximo disco, intitulado “Aleluia”, também produzido por André T.

Casacadura

Falando em banda de rock, vimos o Camisa de Vênus voltar aos palcos, desta vez com um novo vocalista: Eduardo Scott, o vocalista de uma das bandas seminais do punk baiano, o Gonorréia. Sob a bênção do titular do cargo Marcelo Nova, Scott fez apresentações com o Camisa com noites de casa cheia.

Foi este ano que perdemos um nome dos mais interessantes no cenário independente da Bahia: Ronei Jorge e os Ladrões de Bicicleta, que decidiram colocar uma pausa por tempo indeterminado no trabalho após lançamento e turnê de seu segundo disco “Frascos, comprimidos, compressas”.

E o Baiana System? Uma das invenções mais legais da música produzida nessas terras teve um ano bastante produtivo. O uso da guitarra baiana (criada e popularizada pela turma do Trio Dodô e Osmar) em diversas possibilidades de timbre, estilo e levada, levou a turma a excursionar pelo Brasil, e a se apresentar até mesmo na China!

Hoje pode-se dizer que a Bahia tem tradição e grandes nomes no jazz e na música instrumental. Por mais dificultoso que possa ser, quem produz esse tipo de trabalho aqui, se mexeu e levou os bons sons para além de Salvador, com o Festival de Jazz do Capão e o Festival de Música Instrumental de Cachoeira.

Que venha um 2011 com mais ótimos discos, shows e iniciativas legais!

dez
29

Uma retrospectiva dos momentos marcantes do teatro baiano em 2010

Postado por soteropolis

O ano chega ao fim e a equipe do Soterópolis revisita as reportagens exibidas sobre o teatro ao longo de 2010. Durante o período, o público teve oportunidade de acompanhar mais de 60 espetáculos locais inéditos, impulsionados por editais baianos e nacionais.
No nosso retrospecto, vamos abordar a difícil situação do Teatro Jorge Amado, na Pituba, que fecha as portas no início de 2011, sem previsão de retomada das atividades.

O Teatro Jorge Amado visto de foraVocê também vai relembrar reportagens mais reflexivas. Levantamos questões como: a dramaturgia baiana é regionalizada? Quais as estratégias para manter um espaço cultural por longos anos?

Pólvora e poesia

O teatro contemporâneo mundial também foi pauta do Soterópolis. Falamos da técnica utilizada pelo teatrólogo Eugenio Barba que há mais de 40 anos criou o Odin Teatret. Visitamos as apresentações de Dionisíacas em Viagem, de José Celso Martinez Correa.

pássaro sol julho

Também não passaram despercebidos os festivais de teatro e as muitas montagens baianas que movimentaram 2010. Resta apenas pedir bença para o teatro baiano em 2011, 2012, 2013, 2014…..

dez
23

Decoração de Natal!

Postado por soteropolis

arvore_de_natalO espírito natalino tomou conta de nossa Soterópolis e seus moradores. Tradicional ou com toques modernos, a decoração de Natal brinca com a imaginação das pessoas e o resultado é sempre interessante. Casas, estabelecimentos comerciais, praças, ruas e avenidas estão com , presépios, luzes, árvores e guirlandas para celebrar o nascimento de Jesus cristo, data mais importante do calendário cristão.

Entre o fim do mês de outubro e começo de novembro as lojas especializadas em decoração começam a receber os primeiros artigos natalinos em suas prateleiras. Segundo tradições da igreja católica o presépio e a árvore de Natal deve ser montada a partir do dia 30 de novembro, e a segunda ser incrementada com bolas, laços, pinhas e afins, durante as semanas seguintes.

Simbolizando a vida, o pinheiro é um elemento que não pode faltar. Artificial, natural, de led, fibra óptica, verde, dourado, cor-de-rosa, falante, o que não falta são opções no mercado. Sua ornamentação não segue uma regra, é de gosto pessoal, mas boa parte das árvores são decoradas com bolas e laços na cor vermelha. Deixando a criatividade fluir algumas pessoas chegam à resultados interessantes com decorações confeccionadas  em casa, com cores inusitadas, fugindo do tradicional.

4202409545_b1d72c7f3cAs luzes são outro ponto alto das decorações de fim de ano. Logo ao anoitecer podemos ver varias fachadas de casas e prédios de nossa cidade com suas luzes à piscar. Ainda parece pouco, para uma grande cidade como Salvador, mas já fazem a alegria de muitos amantes do Natal.

imagemO presépio é o símbolo literal do Natal. Maria, José, os três reis magos, a vaca, o burro, o menino Jesus na manjedoura, a estrela guia, tudo para reproduzir o momento do nascimento do menino Jesus. E eles aparecem com diversas formas e tamanhos. Vão desde uma versão mais simples apenas com o menino Jesus na majedoura até versões em tamanho real com direitos à todos os elemento supracitados e mais um pouco.

Um bom Natal à Todos.

dez
23

Papai Noel Existe, Mamãe?

Postado por soteropolis

Papai Noel Existe, Mamãe?

Essa dúvida sempre atormentou o Natal dos pequenos e preocupa muitos pais que não sabem lidar com a questão.

O que fazer? Mentir e deixar que os amiguinhos contem a ele? Ou desiludi-lo e destruir suas fantasias natalinas?

A escritora e psicóloga Graziela Domini segue pelo caminho do meio e em seu livro recém lançado pela editora Solisluna, “Papai Noel Existe, Mamãe?”, auxilia as crianças a esclarecerem esta dúvida sem deixarem de lado seus sonhos e espíritos natalinos.

O livro reconta a história do Papai Noel e é uma forma criativa de explicar para crianças pequenas porque a lenda do bom velhinho precisa ser um segredo dos adultos. Na historinha, Papai Noel é um homem que trabalha normalmente e ainda faz presentes para crianças. Mas os pedidos aumentam tanto que, um dia, ele não consegue mais dar conta de tudo. As crianças sugerem uma solução e os pais unem forças para ajudar Papai Noel na tarefa de presentear todo mundo. Assim nasce o Natal.

Com ilustrações do designer Ian Sampaio, o livro está a venda no site da editora e nas melhores livrarias.

Papai Noel existe Mamãe? – Graziela Domini e Ian Sampaio
ISBN: 978-85-89059-34-3
IDIOMA: Português
FORMATO: 22 x 28 cm
Nº DE PÁGINAS: 36
ENCADERNAÇÃO: Capa cartonada
ANO DE PUBLICAÇÃO: 2010

dez
23

Joseph Beuys

Postado por soteropolis

“Joseph Beuys – A revolução Somos Nós” é a maior retrospectiva já realizada no Brasil com obras do artista alemão, considerado uma das figuras centrais na História da Arte Contemporânea, grande responsável pela ampliação do conceito de arte. Beuys se valia das estratégias da publicidade para divulgar o seu pensamento político e filosófico. Cartazes e múltiplos produzidos em série eram as linguagens mais utilizadas pelo artista, porque permitiam que a obra de arte chegasse a número maior de pessoas. Vinte vídeos também são exibidos na exposição que segue em cartaz no MAM-BA até fevereiro de 2011. São registros de ações e performances do artista que se tornaram históricas como “Eu gosto da América e a América gosta de mim”, o convívio do artista em uma gelaria de NY durante 3 dias. Em paralelo a exposição, o MAM realiza uma série de ações educativas. A programação está disponível no site do MAM

www.mam.ba.gov.br.

dez
23

Agenda Soterópolis

Postado por soteropolis

O Soterópolis fez uma seleção especial para seu final de ano!

MUITO PRAZER, EU SOU PALHAÇO!

sapatos de palhaco 2De 10 de Janeiro a 23 de Fevereiro de 2011 o Espaço Xisto Bahia oferece para uma turma especial a oficina “Muito prazer, eu sou Palhaço”. Voltada para adultos com deficiência intelectual, o curso faz parte da programação de Oficinas de Verão do espaço e foi contemplado com o edital de cessão de pautas do local. A oficina é fruto da pesquisa para o Mestrado de Laili Flórez, do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal da Bahia.

Inscrições Gratuítas até dia 06 de janeiro

Oficinas: 10 a 23/01 – Contato: 3117.6155

______________________________________________________________________________


O SOTERÓPOLIS TEM DUAS DICAS DE FILMES PARA VOCÊ LOCAR NO SEU DIA DE FOLGA


motherpostersMOTHER – 2009 (CORÉIA DO SUL) : O Soterópolis indica o filme coreano “ Mother” , disponível na locadora Casa de Cinema. A trama conta a história de um jovem com problemas psicológicos condenado pelo assassinato de uma garota,ocorrido próximo a sua residência. Inconformada com a prisão injusta do seu filho único, a mãe do garoto decidi ir atrás do verdadeiro assassino sozinha. O longa-metragem é dirigido por Bong Joon-Ho, que também co-roterizou o filme e já dirigiu alguns outros filmes que ganhou projeção internacional, como O Hospedeiro. O DVD esta disponível para locação na Casa de Cinema. Assistam ao Trailler!

filmeALMOÇO EM AGOSTO 2008: A outra dica é o longa do diretor italiano Gianni Di Gregório “Almoço em Agosto”. 15 de Agosto, feriado de Ferraosto, comemoração da Assunção de Maria, chegada do verão e inicio das férias em Roma. O endividado Gianne, que vive com a mãe em uma velha casa no centro da cidade, recebe a visita de algumas senhoras e se vê em uma situação nada agradável, cuidar delas até o final das férias.

______________________________________________________________________________

(more…)

Governo da Bahia  ©2017 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.