IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

Histórico de abril de 2010

abr
30

Grupo Intercena no Soterópolis

Postado por soteropolis

Na década de 1970, o grupo se destacou pelo diálogo da dança com outras artes, como a Música, as Artes Plásticas, o Teatro e outras linguagens.

Essa marca da contemporaneidade em processos criativos já era empreendida por eles desde então. Pela proposta de interdisciplinaridade e por sugestão do ex-diretor do Instituto Cultural Brasil-Alemanha (ICBA), em Salvador, o doutor em Literatura Roland Schaffner, o grupo veio a se chamar Intercena.

Artistas como Guilherme Maia, Suki VB Guimarães e Raimundo Sodré integraram o Intercena, fundado pela diretora teatral e coreógrafa Carmem Paternostro. Até meados da década de 1980, o grupo esteve em intensa produção. Em 1994, Paternostro retomou as atividades do Intercena com  foco no Teatro. A montagem mais recente foi o “O Evangelho segundo Maria” (foto à direita), de 2003 a 2004, encenada do Forte do Barbalho, em Salvador.

Em entrevista ao Soterópolis desta semana, a fundadora e ex-integrantes do Intercena falam sobre as principais contribuições do grupo para a história e o cenário artístico baiano. Assista ao programa! Quinta-feira, às 22h. Sexta e domingo, às 18h.

abr
30

Espetáculo do grupo His Contemporâneo de Dança no Soterópolis desta semana

Postado por soteropolis

“Estudo Para Carne, Água e Osso”, título da nova montagem, aborda as relações frágeis da sociedade contemporânea

de carne agua e osso

Três bailarinos em cena criam a partir de questões do mundo contemporâneo. A pesquisa se baseia nos estudos do filósofo italiano Giorgio Agambem e do sociólogo polonês Zygmunt Bauman, “que discute o corpo e a vida nua associada à fragilidade dos vínculos afetivos que permeiam as relações interpessoais contemporâneas”.

O processo criativo se apóia na improvisação. O grupo propõe aos músicos a execução de uma trilha sonora em diálogo direto e em tempo real com a movimentação dos bailarinos. A cada semana, músicos de diferentes gêneros são convidados para as apresentações. No elenco, Iara Cerqueira, Sandra Corradini e Douglas Gibran. O espetáculo está em cartaz até este sábado, no Teatro Gamboa Nova, às 20h.

O His Contemporâneo de Dança completa 10 anos em 2010 e comemora com você no Soterópolis desta semana, apresentando Estudo Para Carne, Água e Osso. Quinta-feira, às 22h. E sexta e domingo, às 18h.

Saiba mais sobre o grupo: blog e myspace

abr
30

Mostra Berlim Sobre o Mar

Postado por soteropolis

berlin am meer

20 anos após a queda do muro de Berlim , dois artistas berlinenses, Blonay Fuchs, da antiga Alemanha Ocidental e Michael Arantes Müller, da Oriental apresentam a mostra Intitulada “Berlim sobre o mar”. A exposição pode ser vista na Bahia, na Galeria Prova do Artista, no Bairro do Rio Vermelho, reúne xilogravuras e esculturas, todas com a mesma matéria prima, o papel.

(more…)

abr
29

Agenda Cultural

Postado por soteropolis

Aqui você pode conferir, com mais calma, todas as dicas culturais exibidas no Soterópolis, e ainda mais algumas, que não couberam na Agenda. Você pode também sugerir eventos para nossa Agenda e nosso blog enviando um e-mail para nossa produção pelo endereço soteropolis@gmail.com , ou deixando um comentário aqui no nosso blog. Participe! O Soterópolis tem portas abertas para você!

pedro mariano

Pedro Mariano
O cantor Pedro Mariano faz duas apresentações do show “Incondicional” em Salvador. Com músicas do seu último álbum em versão acústica. A primeira de uma série de apresentações vai ser no Cine Teatro Sesc Casa do Comércio nos dias 30 de abril e primeiro de maio, às 21h, com ingressos a 30 e 60 reais. Informações 71 3332-0614.

Oscar X Palma de Ouroquem-quer-ser-milionario-05g
Para os que vivem em Feira de Santana, em comemoração aos seis anos do projeto “Imagens: Cinema na UEFS” vai ser apresentado um festival de filmes premiados com o Oscar e com a Palma de Ouro, como “Quem Quer Ser Um Milionário” e “Um Estranho No Ninho”.
Até o dia 30 de abril, na sala de projeções da Biblioteca Central Julieta Carteado, no Campus da UEFS. Sessões às 15h30 e às 18h30, com entrada gratuita.

Nos Embalos da Disco
A comédia francesa “Nos Embalos da Disco” é um retrato da vida de um quarentão fã de disco music que está desempregado e morando com a mãe. A única forma que ele acha para conseguir dinheiro é participando de um concurso de dança. Para isso ele convence dois ex-parceiros para o retorno triunfal do grupo “Bee Kings”, um fenômeno das pistas. O longa conta com a presença dos atores Gérard Depardieu e Emmanuelle Béart no elenco.
O filme está em cartaz no Circuito Sala de Arte, no Shopping Paseo Itaigara/ diariamente às 18h50. Informações pelo telefone 71 3015 6867.

Quer saber de outros eventos? Clique em “Leia o resto deste post”.

(more…)

abr
29

Casa aberta para a dança

Postado por soteropolis

Parsons_dance

Você já pensou em dançar no palco do Teatro Vila Velha, num Festival Internacional de Dança? Basta montar uma coreografia solo, em trio, em grupo, uma instalação, ou qualquer outras construção que use referências e linguagens de dança e se inscrever no Projeto Casa Aberta. Como o nome sugere, a idéia é abrir espaço para quem quiser dançar.

Este ano, foram 80 inscritos e 52 espetáculo selecionados, apresentados nas noites do dias 06, 13, 20 e 27 de abril. O mês, claro, não foi escolhido por acaso. O Casa Aberta integra a programação do mês da dança, mais especificamente do Festival Internacional Vivadança, e tem o objetivo de dar visibilidade a novos talentos e grupos, além de promover um processo de integração entre profissionais, estudantes, bailarinos amadores e suas diferentes linguagens de dança.
(more…)

abr
28

O japonês Tadashi Endo emociona o público com a dança Butoh

Postado por soteropolis

tadashi“Uma e outra vez renascemos. Não é suficiente haver nascido simplesmente do útero materno. São necessários muitos nascimentos. Renascer sempre e em cada lugar.”
(Tatsumi Hijikata)

Entre as apresentações mais esperadas do Festival Internacional Vivadança, realizado no mês de abril, estavam as coreografias Butoh-Ma e Ikiru, interpretadas pelo bailarino e coreógrafo japonês Tadashi Endo, um dos mestre de Butoh. A técnica de dança japonesa, criada no pós-guerra por Tatsumi Hijikata, propõe uma ruptura com os métodos tradicionais de dança da Europa. Tadashi Endo é diretor do Mamu Butoh Center e do Mamu Butoh-Festivais em Göttingen (Alemanha). Ele diz que aprimorou a dança depois de conhecer outro mestre: Kazuo Ohno. Tadashi Endo atuou e cuidou da preparação de dança do filme alemão Hanami – Cerejeiras em flor, indicado ao Urso de Ouro no Festival de Berlim de 2008. A equipe do Soterópolis conversou com o próprio Tadashi Endo, principal divugador de Butoh no Ocidente, e com as dançarinas Ciane Fernandes e Ana Lúcia Oliveira.


abr
23

André Setaro

Postado por soteropolis

André Setaro

O Soterópolis não apenas recomenda que você leia a coletânea recém lançada pelo professor e crítico de cinema André Setaro Escritos Sobre Cinema – Trilogia de Um Tempo Crítico, como o aconselhamos a seguir os passos do mestre pela internet. Leia o blog de Setaro no http://setarosblog.blogspot.com/, e siga ele no twitter: @andresetaro .

Ah! A caricatura acima foi feita por um de nossos editores, Zeca Forehead.

abr
22

Odete, traga meus mortos

Postado por soteropolis

O Festival Vivadança traz, todos os anos, diversas companhias nacionais e internacionais para um dos mais tradicionais palcos do Estado. Mesmo com a conquista de um espaço para intercâmbio, como é o festival, a produção do Núcleo Viladança sentiu a necessidade de promover um espetáculo tipicamente baiano. Desta maneira, idealizaram o Prêmio Vivadança. Dentre os muitos inscritos, um único ganhador estrearia durante o festival e se apresentaria no Cabaré dos Novos, espaço do Teatro Vila Velha. Na sua primeira edição, o Festival Vivadança premiou “Odete, traga meus mortos”,  montagem do bailarino baiano Edu O.

(more…)

abr
22

Poesia e prosa com o escritor Ruy Espinheira Filho

Postado por soteropolis

Ruy Espinheira Filho é um dos escritores mais festejados da Bahia. Ele nasceu em Salvador, no dia 12 de dezembro de 1942. Passou a infância em Poções e a adolescência em Jequié, no sudoeste baiano. As primeiras publicações literárias ocorreram nos anos 60. De lá pra cá, Ruy Espinheira começou uma relação irreeversível com a produção literária. Boa parte do público teve oportunidade de acompanhar os textos dele na Tribuna da Bahia, onde iniciou a carreira de cronista (1969-1981). Colaborou ainda com o Pasquim, como correspondente na Bahia (1976-1981), e foi contratado como cronista diário do Jornal da Bahia (1983-1993).Atualmente assina artigos quinzenas em A Tarde. Graduado em Jornalismo (1973), mestre em Ciências Sociais (1978) e doutor em Letras (1999) pela Universidade Federal da Bahia, UFBA, e doutor honoris causa pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, UESB (1999), Ruy Espinheira é professor associado do Departamento de Letras Vernáculas do Instituto de Letras da UFBA, membro da Academia de Letras de Jequié e da Academia de Letras da Bahia. A equipe do Soterópolis teve oportunidade de conversar com o escritor sobre muitos assuntos como a inspiração para produção literária, jornalismo e ainda sobre os livros Sob o Céu de Samarcanda  e De Paixões e de Vampiros: Uma História do Tempo da Era.

abr
22

Christian Cravo Nos Jardins do Éden

Postado por soteropolis

Christian Cravo diz a assessora de imprensa do Museu que prefere não dar entrevista. Faz charme. O que na verdade ele pretende é esconder a ansiedade.

fotos-de-christian-cravo

Está nervoso, claro. Esta é a sua maior exposição, tanto em termos numéricos quanto na dimensão do espaço ocupado. O trabalho, contudo, traz no tema da religião uma familiaridade comum ao filho de um dos maiores fotógrafos baianos, Mario Cravo Neto.

Nos Jardins do Éden, fotografias em preto e branco, expostas no Salão Principal do Mam, é resultado de um projeto ainda em construção cujo título será Waters of Hope, Rivers of Tears (Águas da Esperança, Rios de Lágrimas) e que inclui viagens pela Índia, Haiti e Brasil.

(more…)

Governo da Bahia  ©2017 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.