IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

Histórico de março de 2010

mar
26

Interatividade!

Postado por soteropolis

Já tem o Soterópolis em seu Facebook? E no Orkut? Quem sabe no Twitter?

Tá na hora de adicionar a gente em sua lista de amigos. Assim, você sempre recebe com antecedência as notícias de tudo que vai rolar no programa!

Não fique de fora!

twitter

orkut

facebook

mar
26

Janela

Postado por soteropolis

Webcam, celular, máquina fotográfica, câmera digital, super-oito, vhs…

A gente recebe seu material e exibe!

O Soterópolis abre espaço para videomakers, estudantes, cineastas amadores, artistas, pesquisadores , viajantes  … Todos podem participar.

Temática Livre

Entre em contato com a gente!

mar
25

Arte em Trânsito

Postado por soteropolis

3347362068_e4f7ee588aO cartão postal, normalmente usado para mandar notícias e lembranças quando viajamos, virou exposição na Galeria Sobrado, no bairro Caminho das Árvores, em Salvador.

O artista baiano Marcelus Freitas, coletou cartões únicos e exclusivos de artistas de 31 países. A exposição coletiva conta com cartões vindos de países como Amsterdam, Romênia, Finlandia, Japão, Espanha, Brasil, entre outros.

No dia da abertura da exposição, a mostra contou ainda com a performance da artista Paula Pessoa , que projetou em uma piscina vazia (ou quase vazia, porque infelizmente choveu no dia) fotografias tiradas na cidade, especialmente no bairro do Rio Vermelho, onde a artista mora. Utilizando “baixa tecnologia”, como Paula diz, retroprojetores colocaram dentro da piscina da galeria, imagens de anjos e traços da arquitetura soteropolitana.

Os postais expostos até o dia 5 de abril na Galeria Sobrado, contam com a diversidade de artistas de 14 países, e  foram feitos utilizando técnicas que variam entre desenhos, grafites, nanquins, ceras e aquarelas, em tamanhos A3 e A4.

EXPOSIÇÃO ARTE EM TRANSITO
GALERIA SOBRADO –
CAMINHO DAS ARVORES, SALVADOR
SEGUNDA A SEXTA, DAS 10H ÀS 19H
INFORMAÇÕES: 71 – 3419-2977

mar
25

HUMOR E DRAMA NO MONÓLOGO ABSOLUTA! COM MÁRCIA ANDRADE

Postado por soteropolis

148321Com texto escrito sob medida pelo ator e diretor Ricardo Castro, a atriz Márcia Andrade interpreta uma atriz vivendo um turbilhão de emoções em sua vida particular, ao mesmo tempo em que tenta encontrar equilíbrio para estrear seu novo espetáculo. Misturando ficção e pitadas autobiográficas, o monólogo Absoluta! fala com humor e poesia da possibilidade que todas as pessoas têm de transformar perdas em experiências enriquecedoras.

A peça apresenta ao público Angélica Passos, atriz de grande sucesso com uma vida particular recheada de insólitos casos de perda e aventuras sexuais. Tentando transformar todas essas referências em poesia e humor, adota para si o lema de que “o show deve continuar” e escolhe o público para ser seu grande confidente. O resultado é uma “conversa” sincera, terna e engraçada sobre sua crise pessoal, induzindo cada espectador a buscar uma vida mais intensa e verdadeira.

Absoluta estreou em novembro de 2009 em Salvador, chamando a atenção para a abordagem que faz sobre a crise pessoal da personagem central. O texto foi escrito a partir de flashes da vida da própria atriz Márcia Andrade. Acrescido de altas doses de imaginação, resultou numa “ficção biográfica” que fala de assuntos comuns a todos nós, mas com abordagens que só personalidades fortes e divertidas podem nos ajudar a enxergar.

Márcia Andrade é formada em interpretação pela UFBA e foi integrante da Cia. Teatral Avatar por quatro anos, com quem viajou pelo Brasil em peças como Morangos Mofados (direção de Paulo Atto e Fernando Guerreiro) e Kaô (direção de Paulo Atto). Integrou também o elenco de peças como Cuida bem de mim (direção de Luiz Marfuz), Calígula (direção de Fernando Guerreiro), Divinas palavras (direção de Nhele Frankie), Crimes delicados (direção de Elísio Lopes) e Playback! (direção coletiva).

Absoluta! está em cartaz até 31 de março (quarta-feira), 20h, no Teatro Gamboa Nova, Rua Gamboa de Cima, Aflitos. Telefone: 3329-2418. Preço: R$10  e R$5. www.teatrogamboanova.com.br

mar
25

Alegria de Viver

Postado por soteropolis

PigmaliaoGalateaJean-Léon Gerome“Alegria de Viver” é um espetáculo inspirado no mito de Pigmaleão e Galetéia.

O espetáculo tenta levar o público a uma reflexão sobre o que seria a “alegria de viver”, e levanta questões como: Que tipo de imagem a gente quer construir no mundo? Onde a gente pode encontrar essa solução? E muitas outras questões, que permeiam todo o espetáculo.

O texto é de Deborah Moreira e a direção é de George Mascarenhas, que também atuam na peça. Que é construída por uma única técnica teatral, a mímica corporal dramática, que foi criada na década de 1930, por Étienne Decroux. A técnica pode ser utiliza de diversas formas, entre elas, na formação de artistas na preparação de espetáculos e na criação de espetáculos, como é o caso de Alegria de Viver.

Na Bahia existem poucos profissionais diplomados na área, Deborah e George estão entre eles e dizem que é muito difícil fazer uma montagem utilizando a mímica corporal dramática como única ferramenta, já que é preciso um amplo conhecimento da técnica.

Para saber mais beja a matéria no Soterópolis desta quinta (25/03/10)

mar
25

Será que você já teve a infelicidade de pisar em cocô de cachorro?

Postado por soteropolis

3774945611_7bffce72b4As calçadas de Salvador andam infestadas de dejetos animais e não é apenas em bairros que têm uma grande concentração de animais de rua. Locais como Pituba, Caminho das Àrvores, Alto do Itaigara, são um verdadeiro campo minado. E olhe que esses lugares abrigam os maiores índices de desenvolvimento humano da capital (IDH), que inclui taxas de escolaridade, educação, longevidade e renda, têm suas calçadas poluídas por “titicas” dos animais domésticos.

E para piorar a situação, em Salvador, o código de polícia administrativo, lei 5.503/99, art. 79 que fala sobre a responsabilidade dos proprietários sobre o recolhimento dos dejetos animais em vias públicas, nunca foi regulamentado. Diferente de lugares como Mato Grosso, Curitiba e Porto Alegre, que possuem fiscalização para punir esses proprietários.

Praças como Vera Lúcia Magalhães, no Itaigara e a Praça do Campo Grande, ocupadas diariamente por pessoas que passeiam com seus animais de estimação se tornam um verdadeiro sanitário animal. Além disso, as pessoas que praticam atividade física ou estão de passagem pelo local se sentem numa verdadeira partida de futebol tendo que driblar os dejetos animais. Os mais precavidos dizem a andar olhando para o chão. CUIDADO PARA NÃO CAIR!!!

Além de desagradável, as fezes animais quando em contato com os homens e com outros animais podem transmitir doenças. Por isso, vamos dar o exemplo e andar com o saquinho na mão para recolher o cocô do seu animalzinho!!!

PS:  a videorreportagem de Verena Campello foi ao ar no programa do dia 11/03

mar
25

O Soterópolis abre espaço para sua produção audiovisual

Postado por soteropolis

glauber_rocha_1

No quadro Janela, iremos exibir vídeos de até 6 minutos enviados pelo público. O formato e a temática são livres: aceitamos vídeo-reportagem, ficção, documentários, clipes, videoarte filmados com web cam, celular, câmera digital, mini dv ou qualquer outro aparelho em qualquer linguagem escolhida pelo autor. É o espaço reservado para o público mostrar seu olhar sobre nossa gente, nossa sociedade. Você pode enviar o seu vídeo para o nosso e-mail (soteropolis@gmail.com) ou para a sede da TVE (Rua Pedro gama, 413 E, Alto do Sobradinho, Federação).

Qualquer dúvida, entre em contato com nossa produção 71-31167377

mar
25

O Circo Picolino comemora 25 anos e junto ao grupo Fulanas Cia apresenta o espetáculo “Gran Circus Fulanas”

Postado por soteropolis

Circo[3]

Sábado, 27 de Março, é o dia do aniversário do Palhaço Piolin (1897-1973) e por isso Dia Nacional do Circo. Para comemorar a data, a Escola Picolino de Artes do Circo e o grupo Fulanas Cia de Circo apresentam o “Gran Circus Fulanas”, mais um espetáculo da série dedicada aos 25 anos da Escola Picolino.

Numa homenagem aos antigos circos e seus eternos personagens, o Fulanas fará releitura de grandes números como o da mulher mais forte do mundo, do atirador de facas, do mágico, do palhaço.

O espetáculo terá também corda indiana, trapézio duplo, malabares, monociclo e tecido, além de convidados especiais, no dia 27, como a artista Audrey B. Consiglio, num número da dança cigana com Tânia, a serpente encantada.

A temporada do Gran Circus Fulanas estréia hoje, às 16h, no Sesc Pelourinho

25.03 – SESC PELOURINHO 16H (ENTRADA FRANCA)

27.03 – CIRCO PICOLINO 20H (R$10 PREÇO ÚNICO)

31.03 – SOLAR BOA VISTA (R$ 6 (INTEIRA) R$3 (MEIA)

mar
18

Programe-se

Postado por soteropolis

Festival Nacional de Teatro da Bahia

Teve início da ultima segunda-feira, 15, a 2ª edição do Festival Nacional de Teatro da Bahia. São espetáculos de todo o país, exibidos em 10 diferentes espaços, a preços populares. o festival tem produção e curadoria dos artistas Carol Vieira e Eduardo Scaldaferri, e é uma iniciativa da Cooperativa Baiana de Teatro, com apoio da Secretaria de Cultura do estado, através do fundo de cultura.

Confira a programação completa no http://coopbaianadeteatro.blogspot.com/

Show Mulheres Brasileiras

Salvador será a primeira das seis cidades a receber o projeto “Mulheres Brasileiras”, com Vanessa da Mata, e participações especiais de Mariana Aydar/ D. Ivone Lara e Mallu Magalhães. O show acontece no próximo sábado, dia 20 de março, a partir das sete da noite, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves. Ingressos: R$ 30,00 (meia) e R$ 60,00 (inteira).

Concerto Mestres Brasileiros

A Caixa Cultural Salvador apresenta, no seu Salão Nobre, o espetáculo “Mestres Brasileiros”, com o pianista João Carlos Assis Brasil. O projeto homenageia compositores de expressividade que fizeram história na MPB. O evento acontece entre os dias 19 e 21 desse mês, sempre a partir das oito da noite. Ingressos devem ser trocados por um quilo de alimento não perecível no local.

Exposição Modos de Ver e Entender a Arte

Um recorte do valioso acervo do Museu de Arte da Bahia estão expostas até o dia seis de agosto, no local. A mostra reúne obras da coleção de pintura a óleo sobre tela agrupadas pelos temas: religião, alegórico mitológico e natureza-morta. A entrada é franca.

Interior

Múltipla Cidade – Intervenção Urbana

Em Vitória da Conquista tem a exposição “Múltipla Cidade”, que reúne performances, intervenções, trabalhos audiovisuais, fotografias e poesias, que seguem e mostram o ritmo da cidade. A obras de nove artistas estarão expostas no Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima até o próximo dia 23, a entrada é gratuita.

mar
18

As experiências do Coletivo Lusco – f.LUX.o

Postado por soteropolis

lusco2

Lusco-f.LUX.o é um coletivo de arte de Salvador cujo objeto de trabalho são as câmeras escuras, particularmente, as penetráveis, em espaços de grandes dimensões. Uma câmera obscura é um compartimento escuro – pode ser uma lata, uma caixa, um quarto – no qual a luz que vem do exterior, penetrando através de um orifício, projeta internamente na parede oposta uma imagem invertida e refletida do mundo externo. Este fenômeno natural é a base física da fotografia – tem como princípio a propagação retilínea da luz – e foi observado pelo menos desde Aristóteles, ou seja, muito antes dos experimentos que permitiram a fixação da imagem em material fotossensível (a base química da fotografia). Entretanto, mesmo para profissionais da fotografia e para os mais profundos conhecedores dos fundamentos da formação da imagem, presenciar este fenômeno estando “imerso” numa grande câmera obscura vai muito além da objetividade científica: é uma experiência surpreendente e mágica que nos parece fascinante. O fato de não utilizar lentes para produzir as projeções nos atrai ainda mais. Assim, dá investigação da arqueologia da imagem pré-fotográfica, o Coletivo articula intervenção pública, arte interativa, imersiva, multimídia, pública, arte-educação e divulgação científica através da transformação de objetos, equipamentos e compartimentos urbanos em câmeras obscuras de tamanho natural, penetráveis, itinerantes, captando imagens da cidade que não necessariamente pertencem aos percursos turísticos tradicionais. Em seu interior, fruidores visualizam um “lusco-f.LUX.o” de imagens do entorno invertidas, refletidas, e em movimento: a cidade como jamais percebida antes. Contaminações entre passado e contemporaneidade surgem dos registros em mídias digitais: imageImagem 100 (Small)ns únicas, tocantes,surpreendentes, diversas das que perpetuam os estereótipos de uma Bahia festiva, bucólica, ou folclórica.

O grupo agradece o apoio da CTS – Companhia de Transporte de Salvador. Para conhecer mais o trabalho do coletivo, acesse lusco-fluxo.blogspot.com

Governo da Bahia  ©2017 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.