IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade
out
23

ROMEU E JULIETA GANHA MONTAGEM INOVADORA PELA SÃO PAULO CIA DE DANÇA

Postado por soteropolis

Por Vania Dias

Foto: Silvia Machado

Foto: Silvia Machado

A São Paulo Cia de Dança esteve em curta temporada em Salvador. O Soterópolis aproveitou a rápida passagem do grupo pela cidade e foi acompanhar de perto a nova montagem que trouxe para o palco do Teatro Castro Alves o clássico shakespeareano “Romeu & Julieta”.

No bate-papo com o bailarino baiano Nielson Souza, tivemos a chance de saber como ele se preparou para interpretar o protagonista, Romeu. Ouvimos a experiência e os desafios enfrentados pelo coreógrafo Giovanni Di Palma e tivemos a oportunidade de ouvir as propostas educativas da Diretora, Inês Bogéa, que alia atividade artística com atividades de formação.

Se dança é a arte de mexer o corpo numa determinada dinâmica, todo ser humano – vivo – deveria ser mestre nesta arte. Esse é o pensamento que motiva Inês a insistir na construção didática da Companhia e a acreditar na trajetória do trabalho que vem se formatando.

A montagem “Romeu e Julieta”, é a primeira obra narrativa, criada especialmente pela Companhia. Pra conhecer, basta acompanhar com a gente o Soterópolis desta semana que vai ao ar quinta-feira, às 21h, e domingo, às 16h (novo horário durante o verão). Até lá!!!

out
23

HOJE TEM SOTERÓPOLIS!

Postado por soteropolis
Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

E nesta quinta-feira (23), às 21h, o Soterópolis mostra que é possível sim, educar através da dança. E essa é a proposta da Cia São Paulo de Dança, que desembarcou em Salvador para uma curta temporada de espetáculos, apresentações noturnas e atividades educativas no Teatro Castro Alves. O grupo mescla atividades educativas diversas com apresentações do clássico shakespeareano “Romeu & Julieta”, onde dois bailarinos negros e baianos interpretam os personagens principais na trama. Para falar mais sobre isso, uma conversa com a diretora da companhia, Inês Bogéa e com o coreógrafo Giovanni Di Palma, que contam sobre a escolha por protagonistas negros e o processo de criação deste trabalho. E no quadro Soteatro, a trajetória do cenógrafo e figurinista Euro Pires, que integra a equipe de Os Amantes II. Premiado, Euro já assinou os cenários de Vixe Maria – Deus e o Diabo na Bahia e Irmã Dulce.

O Soterópolis vai ao ar às 22h de quinta-feira, com reapresentação no domingo, às 17h30. Você também pode assistir o programa online através da programação da TVE Bahia ao vivo.

Fonte: IRDEB

 

out
23

SOTEATRO

Postado por soteropolis

Por Marília Randam

O Soteatro desta semana passeou pela cenografia de Euro Pires. No segundo episódio da série “Cenógrafos” refletimos sobre a produção de cenários na Bahia, além de uma viagem pelas principais produções do artista. Assista ao Soterópolis desta quinta e reveja peças como: Vixe Maria Deus e o Diabo na Bahia, O Voo da Asa Branca, Na Selva das Cidades e muito mais!

out
23

REFLEXÕES SOBRE O CORPO FEMININO

Postado por soteropolis

Por Denise Dias

A Bunda de Simone. O título da nova montagem do Teatro Base é uma referência à foto polêmica da filósofa francesa Simone de Beauvoir nua, de costas, tirada pelo fotógrafo Art Shay, em Chicago.

O grupo discute artisticamente o direito da mulher ao próprio corpo. O espetáculo dirigido por Diego Pinheiro traz no elenco Brisa Morena, Diego Alcântara, Laís Machado e Lara Duarte. São múltiplas as inquietações dos artistas que reúnem dança, performance, teatro e música para discutir temas como a sexualidade, o machismo, a mídia e o desejo.

A Bunda de Simone fica em cartaz até 26/10 no Espaço Cultural da Barroquinha.

 

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

 

 

 

out
22

FESTIVAL DE CURTAS INVADE O UNIVERSO INFANTIL

Postado por soteropolis

Por Iago Ribeiro

Com quatro curtas exibidos antes das apresentações no Teatro Gamboa Nova, o Festivalzinho CineGamboa enriquece o mês dedicado as crianças. Os filmes trazem a realidade do cotidiano da criançada. Entre as produções, estão:

Imagem: O Reino de Chocolate / Reprodução

Imagem: O Reino de Chocolate / Reprodução

-O Reino de Chocolate (2011) de Rafael Jardim. A divertida animação em stop-motion e feita com chocolate conta a história de um planeta onde pessoas de cores diferentes não podem se misturar.

Imagem: Meninos / Reprodução

Imagem: Meninos / Reprodução

-Meninos (2007), de Ernesto Molinero. O filme mostra os desafios enfrentados por um garoto no caminho entre sua sala de aula e o banheiro da escola.

Imagem: Pequeno / Reprodução

Imagem: Pequeno / Reprodução

-Pequeno (2012), de Ernesto Molinero traz os problemas enfrentados por um menino para conseguir um pedaço de melancia.

Imagem: Reprodução / É proibido menino calçado entrar na escola

Imagem: Reprodução / É proibido menino calçado entrar na escola

-Já o premiado curta É proibido menino calçado entrar na escola (2013), tem a direção de Edson Bastos e Henrique Filho. Baseado em fatos reais, o filme apresenta a história da evasão de alunos de uma escola por conta de um pé calçado.

A equipe do Soterópolis conversou com alguns diretores e roteiristas dessas obras para mostrar a importância de um festival voltado para o público infantil!

Não perca! É nesta quinta, às 21h, na TVE Bahia

out
22

CURTAS DE ANIMAÇÃO NO X PANORAMA COISA DE CINEMA

Postado por soteropolis

 

O Panorama Internacional Coisa de Cinema traz a Salvador mostras com filmes de animação, mantendo sua parceria com o Animage (Recife/Olinda), e apresentando duas mostras de curtas exibidos em Pernambuco, uma reunindo alguns dos curtas premiados no Animage e outra apenas com animações eróticas. As sessões acontecerão no Espaço Itaú de Cinema – Glauber Rocha.

A mostra de premiados acontece no dia 01 de novembro, às 13h30, e terá a presença de Nara Normande, curadora do Animage, que conversará com o público após a sessão. Esta mostra traz os curtas “The Bigger Picture”, de Daisy Jacobs, premiado em Cannes e no último Annecy (França) e o francês La Petite Casserole D’Anatole, de Eric Montchaud, premiado no Annecy e no Festival de Animação de Ottawa (Canadá). A mostra tem ainda a terceira parte do colombiano “Pornotopia”, de Mariana Torres, e o americano “Eveready Harton in Buried Treasure”, que tem vários diretores, na programação de curtas eróticos, além de outras obras de diversos países.

O Panorama acontece entre 29 de outubro e 05 de novembro, em Salvador e Cachoeira, com ingressos vendidos por R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00, e passaportes para 10 sessões por R$ 30. O festival é uma realização da produtora Coisa de Cinema em parceria com o Cineclube Mário Gusmão, projeto de pesquisa e extensão do curso de Cinema e Audiovisual da CAHL/UFRB. O Panorama conta com o patrocínio da Petrobras e do Governo do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura.

 

Fonte: Reprodução

Fonte: Reprodução

 

 

 

out
21

ORQUESTRA DE TAMBORES DE ALAGOAS SE APRESENTA NO PELÔ

Postado por soteropolis

Nesta quinta 23/10, 20h, o Largo Quincas Berro D’Água, no Pelourinho, recebe a apresentação da Orquestra de Tambores de Alagoas, uma sintonia de ritmos, cores, timbres e sentimentos. Criado em 2004, pelo músico e artesão Wilson Santos, através de uma intensa pesquisa das raízes rítmicas afro-brasileiras e das manifestações folclóricas, o grupo propõe o resgate de valores da cultura do nordeste do Brasil, integrado a fragmentos da música contemporânea e efeitos sonoros eletrônicos e experimentais.

Desde 1989, o músico, artesão e coordenador da orquestra, Wilson Santos, vem pesquisando os ritmos afro-brasileiros. Nos últimos dez anos, passou a direcionar suas pesquisas para a influência destes ritmos nas manifestações folclóricas nordestinas. Dentro desse contexto surgiu a Orquestra de Tambores de Alagoas, em março de 2004, a partir da união de percussionistas experientes e alunos das oficinas de percussão e confecção de instrumentos, ministradas por Wilson Santos. Os instrumentos utilizados nas apresentações são confeccionados artesanalmente pelos próprios integrantes do grupo.

Além da criação artística, da pesquisa rítmica e da valorização da musicalidade nordestina, o grupo tem formado multiplicadores do processo de ensino das técnicas percussivas e da confecção de instrumentos artesanais em Alagoas o que por sua vez vem possibilitando a criação de novos grupos de percussão baseados nos ritmos brasileiros.

Em 2010, Orquestra de Tambores de Alagoas foi contemplada com o Selo Cultura Viva pelo Ministério da Cultura, em 2014 foi reconhecida como Ponto de Cultura. Em 2008, a Orquestra gravou e lançou o CD Bantus e Caetés com o patrocínio do BNB Cultura. A partir de 2010, a produtora Britânica Far out recordings (www.faroutrecordings.com), assumiu a distribuição do CD Bantus e Caetés para todo o mundo em formato digital.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

out
20

NOVOS HORÁRIOS DA TVE BAHIA

Postado por soteropolis

Por causa do horário de verão que começa a partir da meia noite do último sábado (18/10), nas regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste, os programas exibidos pela TVE Bahia vão ao ar um hora mais cedo. Confira os novos horários:

TVE Esporte, de segunda a Sábado, às 11h
TVE Revista, de Segunda a Sábado, às 11h18
TVE Notícias, de Segunda a Sexta, às 18h03
Perfil & Opinião – Quarta-Feira e Domingo, às 21h
Soterópolis – Quinta-Feira, às 21h e no Domingo, às 16h
TVE Debate – Sábado, às 21h e no Domingo, às 06h
Cartão Verde Bahia, Domingo, às 20h

Fique ligado!

Reprodução

Reprodução

out
20

CINECLUBE GLAUBER ROCHA CELEBRA FRANÇOIS TRUFFAUT COM SESSÃO SURPRESA

Postado por soteropolis

Por ocasião do trigésimo ano da morte do cineasta e crítico François Truffaut, na terça-feira (21/10), o Cineclube Glauber Rocha terá uma sessão surpresa com a exibição do seu filme “O Último Trem”, de 1980. A sessão acontecerá às 20h, no Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha, seguida de um debate mediado pelo cineasta francês Bernard Attal. O Cineclube Glauber Rocha foi idealizdo pelos cineastas Cláudio Marques e Marília Hughes, que também assinam a curadoria do projeto. Aprovado pelo edital Setorial de Audiovisual da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb/SECULT), o projeto chega a sua décima sessão buscando sempre fomentar a discussão sobre cinema e preservação. O diferencial do projeto está na exibição de cópias restauradas em 35mm ou 2K e som 5.1, que proporcionam as melhores condições para apreciação das obras e trazem ao público baiano a oportunidade de assistir aos clássicos do cinema na telona, ao longo de 20 sessões de periodicidade quinzenal. Sobre o cineasta Nascido em Paris (França) em 6 de fevereiro de 1932, François Truffaut começou a frequentar o cinema assiduamente com 7 anos. Aos 14 anos, largou a escola e começou a trabalhar. Em 1947, com 15 anos, fundou um cineclube e conheceu André Bazin, crítico renomado, que se tornou seu mentor. Em 1953, publicou suas primeiras críticas na revista “Les Cahiers do Cinema” e, no ano seguinte, começou a sua carreira atrás das câmeras, dirigindo seu primeiro curta-metragem. Ao longo de sua carreira, dirigiu grandes clássicos como “Os Incompreendidos”, “Fahrenheit 451” e “Jules e Jim”. Sobre o filme Paris, 1942. Durante a guerra, o Theatre Montmartre é a principal casa de espetáculos dos franceses, naqueles difíceis tempos de guerra. O teatro é dirigido por Lucas Steiner (Heinz Bennent), um bem sucedido empresário judeu, que supostamente encontra-se fora do País. Na ausência de Lucas, sua esposa Marion (Catherine Deneuve), dirige o teatro. Ela contrata para a nova peça o ator Bernard Granger (Gerard Depardieu). Para dirigi-lo em cena, Marion busca orientações de seu marido, que, na verdade, está escondido no porão do teatro. Sobre o mediador Bernard Attal nasceu na França, se formou em Economia, estudou Cinema em Nova Iorque e mora no Brasil desde 2005. Dirigiu três curtas-metragens e um documentário para a TV Pública Brasileira. Em 2013 estreou “A Coleção Invisível”, seu primeiro longa-metragem de ficção. Todos os filmes participaram e foram premiados em festivais como Palm Springs, London-BFI, Clermont-Ferrand, Chicago, Gramado, Rio de Janeiro, Nashville, Cleveland, Mannheim-Heidelberg e Bogotá. É o fundador e coordenador do Trapiche Pequeno, centro de economia criativa da Bahia.

O quê: Exibição do filme “O Último Metrô”, décima sessão do Cineclube Glauber Rocha – após a sessão debate com o cineasta Bernard Attal

Quando: 21/10, terça-feira, às 20h

Onde: Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha, Praça Castro Alves

Quanto: R$1,00 (inteira) , R$0,50 (meia)

 

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

out
20

PRODUÇÕES ITALIANAS NO X PANORAMA INTERNACIONAL COISA DE CINEMA

Postado por soteropolis

O X Panorama Internacional Coisa de Cinema leva ao Espaço Itaú de Cinema – Glauber Rocha três filmes recentes que integram a produção cinematográfica italiana, tendo como um dos seus destaques o filme “Vinodentro”, que em suas sessões dos dias 02/11 e 04/11, às 15h55, contará com a presença do diretor Ferdinando Vicentini Orgnani.

A mostra também conta com a exibição do documentário “Belluscone”, de Franco Maresco, onde o produtor Rean Mazzone estará nas sessões, que acontecem no dia 01 de novembro, às 16h10, e dia 03, às 20h15, além da exibição do filme “Com a Graça de Deus”, de Edoardo Winspeare, no dia 30 de outubro, às 15h e no dia 03 de novembro, às 20h15, encerrando o X Panorama.

A mostra italiana da 10ª edição do Panorama Coisa de Cinema é resultado de uma parceria com o Instituto Italiano de Cultura e a Sereia Filmes, e acontece entre os dias 29 de outubro e 05 de novembro, com ingressos vendidos por R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00, e passaportes para 10 sessões por R$ 30.

O Panorama Internacional Coisa de Cinema é uma realização da produtora Coisa de Cinema em parceria com o Cineclube Mário Gusmão, projeto de pesquisa e extensão do curso de Cinema e Audiovisual do CAHL/UFRB. O festival conta com o patrocínio da Petrobrás e do Governo do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura.

 

 

 

Governo da Bahia  ©2014 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. SECOM - Secretaria de Comunicação Social