IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade
out
22

FESTIVAL DE CURTAS INVADE O UNIVERSO INFANTIL

Postado por soteropolis

Por Iago Ribeiro

Com quatro curtas exibidos antes das apresentações no Teatro Gamboa Nova, o Festivalzinho CineGamboa enriquece o mês dedicado as crianças. Os filmes trazem a realidade do cotidiano da criançada. Entre as produções, estão:

Imagem: O Reino de Chocolate / Reprodução

Imagem: O Reino de Chocolate / Reprodução

-O Reino de Chocolate (2011) de Rafael Jardim. A divertida animação em stop-motion e feita com chocolate conta a história de um planeta onde pessoas de cores diferentes não podem se misturar.

Imagem: Meninos / Reprodução

Imagem: Meninos / Reprodução

-Meninos (2007), de Ernesto Molinero. O filme mostra os desafios enfrentados por um garoto no caminho entre sua sala de aula e o banheiro da escola.

Imagem: Pequeno / Reprodução

Imagem: Pequeno / Reprodução

-Pequeno (2012), de Ernesto Molinero traz os problemas enfrentados por um menino para conseguir um pedaço de melancia.

Imagem: Reprodução / É proibido menino calçado entrar na escola

Imagem: Reprodução / É proibido menino calçado entrar na escola

-Já o premiado curta É proibido menino calçado entrar na escola (2013), tem a direção de Edson Bastos e Henrique Filho. Baseado em fatos reais, o filme apresenta a história da evasão de alunos de uma escola por conta de um pé calçado.

A equipe do Soterópolis conversou com alguns diretores e roteiristas dessas obras para mostrar a importância de um festival voltado para o público infantil!

Não perca! É nesta quinta, às 21h, na TVE Bahia

out
22

CURTAS DE ANIMAÇÃO NO X PANORAMA COISA DE CINEMA

Postado por soteropolis

 

O Panorama Internacional Coisa de Cinema traz a Salvador mostras com filmes de animação, mantendo sua parceria com o Animage (Recife/Olinda), e apresentando duas mostras de curtas exibidos em Pernambuco, uma reunindo alguns dos curtas premiados no Animage e outra apenas com animações eróticas. As sessões acontecerão no Espaço Itaú de Cinema – Glauber Rocha.

A mostra de premiados acontece no dia 01 de novembro, às 13h30, e terá a presença de Nara Normande, curadora do Animage, que conversará com o público após a sessão. Esta mostra traz os curtas “The Bigger Picture”, de Daisy Jacobs, premiado em Cannes e no último Annecy (França) e o francês La Petite Casserole D’Anatole, de Eric Montchaud, premiado no Annecy e no Festival de Animação de Ottawa (Canadá). A mostra tem ainda a terceira parte do colombiano “Pornotopia”, de Mariana Torres, e o americano “Eveready Harton in Buried Treasure”, que tem vários diretores, na programação de curtas eróticos, além de outras obras de diversos países.

O Panorama acontece entre 29 de outubro e 05 de novembro, em Salvador e Cachoeira, com ingressos vendidos por R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00, e passaportes para 10 sessões por R$ 30. O festival é uma realização da produtora Coisa de Cinema em parceria com o Cineclube Mário Gusmão, projeto de pesquisa e extensão do curso de Cinema e Audiovisual da CAHL/UFRB. O Panorama conta com o patrocínio da Petrobras e do Governo do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura.

 

Fonte: Reprodução

Fonte: Reprodução

 

 

 

out
21

ORQUESTRA DE TAMBORES DE ALAGOAS SE APRESENTA NO PELÔ

Postado por soteropolis

Nesta quinta 23/10, 20h, o Largo Quincas Berro D’Água, no Pelourinho, recebe a apresentação da Orquestra de Tambores de Alagoas, uma sintonia de ritmos, cores, timbres e sentimentos. Criado em 2004, pelo músico e artesão Wilson Santos, através de uma intensa pesquisa das raízes rítmicas afro-brasileiras e das manifestações folclóricas, o grupo propõe o resgate de valores da cultura do nordeste do Brasil, integrado a fragmentos da música contemporânea e efeitos sonoros eletrônicos e experimentais.

Desde 1989, o músico, artesão e coordenador da orquestra, Wilson Santos, vem pesquisando os ritmos afro-brasileiros. Nos últimos dez anos, passou a direcionar suas pesquisas para a influência destes ritmos nas manifestações folclóricas nordestinas. Dentro desse contexto surgiu a Orquestra de Tambores de Alagoas, em março de 2004, a partir da união de percussionistas experientes e alunos das oficinas de percussão e confecção de instrumentos, ministradas por Wilson Santos. Os instrumentos utilizados nas apresentações são confeccionados artesanalmente pelos próprios integrantes do grupo.

Além da criação artística, da pesquisa rítmica e da valorização da musicalidade nordestina, o grupo tem formado multiplicadores do processo de ensino das técnicas percussivas e da confecção de instrumentos artesanais em Alagoas o que por sua vez vem possibilitando a criação de novos grupos de percussão baseados nos ritmos brasileiros.

Em 2010, Orquestra de Tambores de Alagoas foi contemplada com o Selo Cultura Viva pelo Ministério da Cultura, em 2014 foi reconhecida como Ponto de Cultura. Em 2008, a Orquestra gravou e lançou o CD Bantus e Caetés com o patrocínio do BNB Cultura. A partir de 2010, a produtora Britânica Far out recordings (www.faroutrecordings.com), assumiu a distribuição do CD Bantus e Caetés para todo o mundo em formato digital.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

out
20

NOVOS HORÁRIOS DA TVE BAHIA

Postado por soteropolis

Por causa do horário de verão que começa a partir da meia noite do último sábado (18/10), nas regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste, os programas exibidos pela TVE Bahia vão ao ar um hora mais cedo. Confira os novos horários:

TVE Esporte, de segunda a Sábado, às 11h
TVE Revista, de Segunda a Sábado, às 11h18
TVE Notícias, de Segunda a Sexta, às 18h03
Perfil & Opinião – Quarta-Feira e Domingo, às 21h
Soterópolis – Quinta-Feira, às 21h e no Domingo, às 16h
TVE Debate – Sábado, às 21h e no Domingo, às 06h
Cartão Verde Bahia, Domingo, às 20h

Fique ligado!

Reprodução

Reprodução

out
20

CINECLUBE GLAUBER ROCHA CELEBRA FRANÇOIS TRUFFAUT COM SESSÃO SURPRESA

Postado por soteropolis

Por ocasião do trigésimo ano da morte do cineasta e crítico François Truffaut, na terça-feira (21/10), o Cineclube Glauber Rocha terá uma sessão surpresa com a exibição do seu filme “O Último Trem”, de 1980. A sessão acontecerá às 20h, no Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha, seguida de um debate mediado pelo cineasta francês Bernard Attal. O Cineclube Glauber Rocha foi idealizdo pelos cineastas Cláudio Marques e Marília Hughes, que também assinam a curadoria do projeto. Aprovado pelo edital Setorial de Audiovisual da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb/SECULT), o projeto chega a sua décima sessão buscando sempre fomentar a discussão sobre cinema e preservação. O diferencial do projeto está na exibição de cópias restauradas em 35mm ou 2K e som 5.1, que proporcionam as melhores condições para apreciação das obras e trazem ao público baiano a oportunidade de assistir aos clássicos do cinema na telona, ao longo de 20 sessões de periodicidade quinzenal. Sobre o cineasta Nascido em Paris (França) em 6 de fevereiro de 1932, François Truffaut começou a frequentar o cinema assiduamente com 7 anos. Aos 14 anos, largou a escola e começou a trabalhar. Em 1947, com 15 anos, fundou um cineclube e conheceu André Bazin, crítico renomado, que se tornou seu mentor. Em 1953, publicou suas primeiras críticas na revista “Les Cahiers do Cinema” e, no ano seguinte, começou a sua carreira atrás das câmeras, dirigindo seu primeiro curta-metragem. Ao longo de sua carreira, dirigiu grandes clássicos como “Os Incompreendidos”, “Fahrenheit 451” e “Jules e Jim”. Sobre o filme Paris, 1942. Durante a guerra, o Theatre Montmartre é a principal casa de espetáculos dos franceses, naqueles difíceis tempos de guerra. O teatro é dirigido por Lucas Steiner (Heinz Bennent), um bem sucedido empresário judeu, que supostamente encontra-se fora do País. Na ausência de Lucas, sua esposa Marion (Catherine Deneuve), dirige o teatro. Ela contrata para a nova peça o ator Bernard Granger (Gerard Depardieu). Para dirigi-lo em cena, Marion busca orientações de seu marido, que, na verdade, está escondido no porão do teatro. Sobre o mediador Bernard Attal nasceu na França, se formou em Economia, estudou Cinema em Nova Iorque e mora no Brasil desde 2005. Dirigiu três curtas-metragens e um documentário para a TV Pública Brasileira. Em 2013 estreou “A Coleção Invisível”, seu primeiro longa-metragem de ficção. Todos os filmes participaram e foram premiados em festivais como Palm Springs, London-BFI, Clermont-Ferrand, Chicago, Gramado, Rio de Janeiro, Nashville, Cleveland, Mannheim-Heidelberg e Bogotá. É o fundador e coordenador do Trapiche Pequeno, centro de economia criativa da Bahia.

O quê: Exibição do filme “O Último Metrô”, décima sessão do Cineclube Glauber Rocha – após a sessão debate com o cineasta Bernard Attal

Quando: 21/10, terça-feira, às 20h

Onde: Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha, Praça Castro Alves

Quanto: R$1,00 (inteira) , R$0,50 (meia)

 

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

out
20

PRODUÇÕES ITALIANAS NO X PANORAMA INTERNACIONAL COISA DE CINEMA

Postado por soteropolis

O X Panorama Internacional Coisa de Cinema leva ao Espaço Itaú de Cinema – Glauber Rocha três filmes recentes que integram a produção cinematográfica italiana, tendo como um dos seus destaques o filme “Vinodentro”, que em suas sessões dos dias 02/11 e 04/11, às 15h55, contará com a presença do diretor Ferdinando Vicentini Orgnani.

A mostra também conta com a exibição do documentário “Belluscone”, de Franco Maresco, onde o produtor Rean Mazzone estará nas sessões, que acontecem no dia 01 de novembro, às 16h10, e dia 03, às 20h15, além da exibição do filme “Com a Graça de Deus”, de Edoardo Winspeare, no dia 30 de outubro, às 15h e no dia 03 de novembro, às 20h15, encerrando o X Panorama.

A mostra italiana da 10ª edição do Panorama Coisa de Cinema é resultado de uma parceria com o Instituto Italiano de Cultura e a Sereia Filmes, e acontece entre os dias 29 de outubro e 05 de novembro, com ingressos vendidos por R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00, e passaportes para 10 sessões por R$ 30.

O Panorama Internacional Coisa de Cinema é uma realização da produtora Coisa de Cinema em parceria com o Cineclube Mário Gusmão, projeto de pesquisa e extensão do curso de Cinema e Audiovisual do CAHL/UFRB. O festival conta com o patrocínio da Petrobrás e do Governo do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura.

 

 

 

out
17

HERNANI HEFFNER NO SOTERÓPOLIS!

Postado por soteropolis

Por Vania Dias

Foto: Léo Fontes

Foto: Léo Fontes

O Soterópolis aproveitou a passagem do pesquisador e professor de cinema, Hernani Heffner, que esteve em salvador para orientar a oficina “A mutação histórica do cinema – em película, eletrônico e digital” e conversou com ele sobre os principais marcos que – na opinião dele – são destaques no cinema mundial e brasileiro.

Com um acúmulo imenso nessa temática e dono de uma palavra solta e didática, foi só ligar a câmera pra o papo fluir livremente. Os assuntos passearam pelos primórdios da realização audiovisual internacional e por cineastas que fundamentaram e influenciaram a forma de fazer cinema no mundo.

Ao chegar no Brasil, Heffner fez questão de lembrar que o grande entrave das realizações cinematográficas no país não são de caráter criativo e sim, político. Comentou o sucesso de filmes como “Cidade de Deus” e “Tropa de Elite” e fez questão de lembrar que, independentemente de formatos e de suportes de exibição, com o passar do tempo uma questão se coloca universal: o homem e as questões existenciais do mundo que o cerca.

Tudo isso você acompanha na nossa revista de cultura da TVE que vai ao ar às quintas-feiras, às 22h e domingo, às 16h (durante o horário de verão). Fique com a gente e até lá!!!!

 

out
17

PIANISTAS COMPOSITORES

Postado por soteropolis

Veja uma matéria super legal sobre os pianistas compositores.

out
17

REVELANDO TEXTURAS NO PRETO E BRANCO – LUZ E SOMBRA, DE CHRISTIAN CRAVO, DESBRAVA O INABITADO EM 6 PAÍSES AFRICANOS

Postado por soteropolis

Por Edinaldo Júnior 

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O fotógrafo Christian Cravo, premiado internacionalmente, tornou-se conhecido pela temática reveladora da condição humana. Em Jardins do Éden (2010), os haitianos foram enquadrados por suas lentes para criar o homem enquanto ícone no trato das suas relações sociais e religiosas.

A nova exposição em cartaz no Palacete das Artes Rodin Bahia traz um Christian Cravo ainda decidido pelo preto e branco, uma escolha estética vista ao longo da sua trajetória. Mas, em vez do olhar voltado para o ser humano, seus gestos e expressões que nos revelam o movimento daquele ser-no-mundo, Luz e Sombra se apropria do contraste para realçar texturas de reinos desconhecidos de muitos, inóspitos e marcados pelo ar selvagem. Selvagem sejam as paisagens que compõem cenários africanos; sejam os animais, que, agora, desafiam o fotógrafo a inserir-se no ambiente, fazer-se despercebido e clicar com exatidão.

As 29 peças expostas convocam o olhar do público para a beleza do registro documental, pontuando seu valor na história da fotografia contemporânea – feita com primor por diversos nomes da fotografia mundial e brasileira, citando o nome de Sebastião Salgado pela referência ao longo de quase 40 anos – Salgado lançou, em 2013, Gênesis, uma série de fotografia com registros antropológicos dos sítios mais resistentes ao modo de vida das cidades do século XXI. As fotos documentadas tentam mostrar uma plasticidade onde comumente não costumamos ver: nas feições dos animais, nas suas peles que definem espécies, na natureza como origem da vida. Uma proposta quase darwiniana de nos mostrar de onde viemos.

E por falar em Darwin, Luz e Sombra conta ainda com Sonho Darwin, um vídeo que documenta o processo de criação da exposição, com os bastidores das expedições de Christian Cravo pelos 6 países africanos. Quem quiser conhecer o trabalho tem até o dia 9 de novembro, no Palacete das Artes Rodin Bahia, na Graça.

out
17

AGENDA SOTERÓPOLIS

Postado por soteropolis

A equipe do Soterópolis fez um seleção do que vai rolar de melhor no cenário cultural de Salvador!

No cinema, o Circuito Saladearte apresenta uma mostra com filmes do diretor espanhol Pedro Almodóvar. Entre os destaques está vencedor do Oscar de melhor filme Estrangeiro  Tudo sobre Minha Mãe (1999). Como coração de mãe, o filme abraça tudo: referências cinematográficas, teatrais, travestismo e a dor do luto. Cecilia Roth, em estado de graça, parte numa jornada em busca do pai de seu filho morto. Comanda um elenco feminino em que cada grande atriz (Paredes, Cruz, San Juan, Sardá) empresta uma perspectiva para a homenagem do cineasta às mulheres, seu maior objeto de estudo, sua paixão desde as mais priscas eras, a casa e a mãe de seu cinema.

Serviço: Mostra Grandes Diretores Almodóvar
De quinta (16/10) a quarta (22/10) – 19h
Cinema da UFBA

Ainda nos cinemas, outras duas dicas são os filmes franceses Violette (2013) e Amar, beber e Cantar (2013). O primeiro conta a história de Violette Leduc, que conhece Simone de Beauvoir nos anos do pós-guerra. Começa assim uma relação intensa e duradoura entre as duas escritoras. Simone encoraja Violette a escrever mais, expondo as suas dúvidas e abordando todos os detalhes da intimidade feminina. Já Amar, beber e cantar traz para a grande tela a história um grupo de teatro amador está ensaiando uma nova peça, quando uma notícia triste abala a todos: George, amigo próximo da trupe, está doente. De acordo com os médicos, ele tem no máximo seis meses de vida. Para ajudá-lo, o grupo convida o amigo para os ensaios, trazendo à tona antigos segredos.

Serviço: Violette, 2013 – França
Direção: Martin Provost
Diariamente às 14h40 - Cinema da UFBA

Amar, beber e cantar, 2013 – França
Direção: Alan Resnais
Diariamente às 14h55 e 19h – Cine Vivo

E o final de semana está repleto de atrações musicais!

No domingo (19/10), Marcella Bellas e Helson Hart realizarão o pré-lançamento do Playgrude, disco gravado em 2014 com o apoio financeiro da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB). O trabalho é voltado para os públicos infantil e adulto, com composições que remetem a temas comuns do cotidiano das crianças, como a escola, o lar, o gênero (Menina e Menino) e o Playgrude (tecnologia). A apresentação contará também com a participação do Bailinho de Quinta, Dão, Livia Mattos, Soraia Drummond e Tais Nader, convidados especiais que representam a diversidade da música baiana atual.

Reprodução

Reprodução

Serviço: Domingo no TCA – Marcela Bellas e Helson Hart
Local: Teatro Castro Alves
Quando: 19/10, às 11h
Ingressos: R$ 1 e R$ 0,50 (vendas no dia, a partir das 9h, com acesso imediato do público ao teatro)

Ainda na música, no domingo também acontece o #SOMOSTODOSGUERREIROS. Um show com Margareth Menezes e convidados para arrecadar verba para o Circo Picolino. Durante o evento #SomosTodosGuerreiros será lançada a campanha de financiamento colaborativo para comprar uma nova lona e reforma do circo. Além de música, o espetáculo terá ainda apresentações de teatro, dança, poesia e artes circenses. O show também comemora os 30 anos do Picolino.

Reprodução

Reprodução

Serviço: SOMOS TODOS GUERREIROS
Local: Pituaçu
Quando: 19/10, às 16h
Ingressos: R$ 40 (com direito a acompanhante) e R$ 20

Reprodução / Agenda Cultural

Reprodução / Agenda Cultural

E o artista visual mineiro Fábio Barolli apresenta sua nova série de pinturas Muito pelo ao Contrário, na exposição Matuto. Matreiro? A mostra, que tem curadoria da própria galeria, é formada por oito telas, quatro com grandes dimensões. São pinturas em óleo baseadas em trocadilhos, em que o autor procura transfigurar a linguagem verbal em linguagem visual/pictórica, num processo que consiste em revisitar o conhecimento matuto.

Serviço: Exposição Matuto. Matreiro? de Fábio Barolli
Local: Galeria Luiz Fernando Landeiro – Arte Contemporânea (Rio Vermelho)
Quando: Até 23/10, seg a sex, 10h às 19h; sáb, 10h às 17h

Governo da Bahia  ©2014 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. SECOM - Secretaria de Comunicação Social