Salvador, 23 de setembro de 2017
Portal do IRDEB
Principal > IRDEB > Acontece > Doc Territórios

doc2_GA diversidade geográfica, cultural e histórica de todas as regiões da Bahia ganha um novo olhar com a série inédita Doc Territórios, uma coleção de documentários sobre cada um dos 26 Territórios de Identidade do estado, à exceção do Território Costa do Descobrimento, criado recentemente, que vai ao ar a partir do dia 2 de janeiro, sempre de segunda a sexta-feira, às 18h30.

Fruto da parceria entre a secretaria de Comunicação Social do Estado (Secom), por meio do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb), e a secretaria de Cultura do Estado (Secult), a série foi viabilizada com recursos da ordem de R$ 2 milhões do Fundo de Cultura, gerido pela Secult, e distribuídos de acordo com as regras de edital público lançado em 2008.

Os documentários, com 26 minutos de duração cada, foram realizados por diretores e produtoras independentes de Salvador e outros municípios. Além da diversidade temática dos próprios territórios, os vídeos expressam a multiplicidade de abordagens dos realizadores que venceram o edital, indo do formato da reportagem televisiva padrão ao olhar mais experimental, passando pelo documentário clássico. Recentemente foi criado o Território da Costa do descobrimento.

O objetivo do Governo do Estado com a iniciativa é constituir um banco de imagens dos 417 municípios baianos, capaz de contemplar a multiplicidade de cada região, e estimular a produção audiovisual independente. “A ideia desse edital é mostrar para a Bahia a sua própria riqueza para que possamos representar cada território com um documentário”, afirma o diretor-geral do Irdeb, Pola Ribeiro.

“As pessoas dos territórios vão se reconhecer nesses trabalhos e as que não são de determinada região poderão ter informações sobre aquele lugar”. Toda a programação da TVE Bahia também pode ser conferida em tempo real pelo portal www.irdeb.ba.gov.br.

Documentários


Documentário: “Seca Verde”

Irecê - Território 01

Seu Antônio, Dona Zélia e a pequena Virgínia são os únicos que restaram de uma família na microrregião de Irecê. Seus filhos migraram para Minas Gerais. Através do cotidiano, o casal discute as consequências do agronegócio e da monocultura do feijão na região de Irecê.

Documentário: “Sala de Milagres”

Velho Chico – TERRITÓRIO 02

A romaria de Bom Jesus da Lapa, na Bahia, recebe mais de 800 mil pessoas durante sete dias de festa. É a terceira maior do país. Cartas, fotos, ex-votos e objetos diversos são deixados na Sala de Milagres, revelando desejos e esperanças de milhares de romeiros que chegam de todas as partes do país. A festa é centrada na parte religiosa, mas também possui seu lado ligado à diversão. “Sala de Milagres” é um documentário carinhoso. Trata-se de um curta-metragem cuja narrativa está construída a partir das cartas dos romeiros e passeia por imagens menos conhecidas desse grande encontro às margens do Rio São Francisco.

Documentário: “Isto É Chapada Diamantina”


Isto é Chapada Diamantina é uma visão atualizada do coração da Bahia. Antes a Chapada exportava toneladas de ouro e diamante. Hoje o maior tesouro é o seu povo e uma diversidade cultural incomparável. Expressões artísticas que marcam a identidade cultural da gente e do lugar. Esse complexo natural formado por vales e serras, rios e cavernas, cânions e florestas, cachoeiras de tirar o fôlego de qualquer um, também é um imenso museu com 38 mil quilômetros quadrados onde estão distribuídas centenas de pinturas rupestres e construções históricas tombadas.

Documentário: “Corte Seco”

SISAL - TERRITÓRIO 04

Corte Seco chama a atenção para a importância da cultura do sisal na economia da região semiárida da Bahia. Este curta metragem mostra como se dão os processos de produção do sisal – uma planta utilizada para fins comerciais, cultivada em regiões semi-áridas. O filme coloca em pauta as novas tecnologias de extração da fibra; o aprimoramento dos canais de distribuição e o aproveitamento da matéria na criação de novos produtos, como: detergentes, fertilizantes, gás natural e medicamentos.

Documentário: “Diálogos do Desenvolvimento Sustentável”

LITORAL SUL- TERRITÓRIO 05

O litoral sul da Bahia é uma região rica por suas belezas naturais e diversidade cultural. Com a crise do cacau, que basicamente sustentava a região, sua população precisou buscar alternativas sustentáveis para o seu desenvolvimento. Diálogos do desenvolvimento sustentável trás uma discussão sobre os caminhos que a região litoral sul está seguindo para dar continuidade ao seu crescimento.

Documentário: “Vozes do Baixo Sul”

BAIXO SUL- TERRITÓRIO 06

Uma personagem enigmática emerge do mar e passeia pelo território do Baixo Sul revelando as belezas, falares, saberes, cantos e contos de uma das mais belas e tradicionais regiões do estado da Bahia.

Documentário: “Impressões Nativas do Descobrimento”

EXTREMO SUL- TERRITÓRIO 07

Por mais de 500 anos contamos a história do descobrimento do Brasil por diversas versões e visões. Impressões Nativas do Descobrimento mostra como vivem os atuais índios da região extremo sul da Bahia, onde os portugueses chegaram, e propõe dar voz aos nativos e seus descendentes, mostrando sua visão sobre a colonização do Brasil pelos Europeus.


Documentário: “A Tropa e a Estrada”


REGIÃO DE ITAPETINGA- TERRITÓRIO 08

Os chamados tropeiros ajudaram a construir o território que hoje abriga cidades como Itapetinga, Itororó e Ibicuí que situa-se em posição intermediária entre o litoral e o sertão. Eles que abriram caminhos e garantiam o desenvolvimento através do comércio e do transporte de mercadorias. A tropa e a estrada conta a história desses desbravadores através de memórias contadas em depoimentos dos mesmos.

Documentário: “Jequiriçá, o Rio Poeta”


VALE DO JIQUIRIÇÁ- TERRITÓRIO 09

O rio Jiquiriçá ganha corpo e voz tornando-se o narrador da história, na forma humana do Poeta-Rio. Na sua trajetória da nascente até a foz conhecemos aspectos da natureza, economia e cultura das diversas comunidades urbanas e rurais que habitam o seu entorno, denunciando a degradação ambiental do Vale do Jiquiriçá, na Bahia.

Documentário: “Dona Pequenita”

SERTÃO DO SÃO FRANCISCO – TERRITÓRIO 10

Dos setenta e três mil moradores retirados da região de Sobradinho após a construção da barragem e da usina hidrelétrica nos anos 70, Dona Pequenita foi a única a retornar para a sua casa. Ela mora em Pilão Arcado Velho até hoje.

Documentário: “Do Nazaro ao Churrasco”


OESTE BAIANO - TERRITÓRIO 11

A Cultura e a culinária são alguns dos elementos que compõem a identidade de uma região. No documentário do Nazaro ao Churrasco a historia do desenvolvimento do município de Barreiras é contada a partir de relatos de seus moradores. As pessoas nascidas na localidade e os imigrantes que resolveram fazer da região o seu lar contem histórias e curiosidades que ajudam a entender a economia local e como se estabeleceu este território de identidade da Bahia.

Documentário: “É no pé do morro é lá no cafundó”

BACIA DO PARAMIRIM - TERRITÓRIO 12

Por regiões montanhosas da Bahia, a diretora Denise Santos e sua equipe viajam em busca de personagens, pessoas comuns que vivem em lugares distantes, de difícil acesso. Num encontro em que se manifesta a natureza humana.

Documentário: “Assim é tu, Ituaçu”


SERTÃO PRODUTIVO - TERRITÓRIO 13

"Assim é tu, Ituaçu" é um documentário sobre o município de Ituaçu, cidade situada no território de identidade "Sertão Produtivo" na Bahia. O filme retrata as peculiaridades do local de forma poética, tendo como elementos básicos os mistérios e as belezas naturais da região. Histórias narradas pelo seu próprio povo, onde o passado e o presente continua interligado, fazendo deste município um lugar atraente e hospitaleiro.

Documentário: “Paraguaçu: Território de Versos e Rimas”

PIEMONTE DO PARAGUAÇU - TERRITÓRIO 14

O trabalho, o lazer, as experiências peculiares e a visão de mundo do homem do sertão estão presentes no documentário “Paraguaçu: Território de versos e rimas”. Conheça através do próprio aboiador e de outras vozes locais, como a lida do gado está relacionada aos outros aspectos econômicos e culturais da região, também com uma perspectiva histórica.

“Paraguaçu: Território de versos e rimas” traz testemunhos do cotidiano de uma região farta na criação de sua cultura de forma espontânea. E que, agora, tem mais um meio de ser apreciada e mantida viva.

Documentário: “Virou o jogo: A História de Pintadas”

BACIA DO JACUÍPE – TERRITÓRIO 15

Em Pintadas, na região do semiárido baiano, o machismo era um comportamento absolutamente normal. As leis eram para os homens e pelos homens, como em tantos lugarejos espalhados pelo Brasil. “Virou o Jogo” revela histórias de mulheres que venceram o machismo, através de organizações e fizeram nascer uma nova ordem, mudando conceitos, educando homens e jogando bola.

Documentário: “A Pérola do Semi-Árido”

PIEMONTE DA DIAMANTINA - TERRITÓRIO 16

Dona Ruta, cerca de 60 anos, revela como o licuri foi e ainda é essencial na vida de moradores de Serrolândia, no território baiano Piemonte da Diamantina. O foco da narrativa nos conduz à cadeia produtiva do fruto, através do dia a dia dessa senhora que, com determinação e coragem, segue sua trajetória e enfrenta as adversidades sem perder o encanto pela vida e a esperança em sua luta pela sobrevivência.

Documentário: “Áridos Kaminhos”


SEMI-ARIDO NORDESTE - TERRITÓRIO 17

O documentário “Áridos Kaminhos” observa o cotidiano de três personagens da região do Semiárido. Dilma representa os índios; Manelito, os quilombolas; e Carmé, os sertanejos. Cada um luta pela sobrevivência da sua cultura nos dias atuais. Áridos Kaminhos faz uma analogia às feiras livres, verdadeiros ícones do intercâmbio cultural.

Documentário: “Peixe-Boi”

AGRESTE DE ALAGOINHAS/LITORAL NORTE - TERRITÓRIO 18

Numa pequena vila de pescadores, começar a pescar no mar é uma espécie de rito de passagem para a vida adulta. Enquanto descobrem os segredos da cultura da pesca, três garotos vêem sua amizade ameaçada, quando o maior deles acha que já é hora de se aventurar no mar.

Documentário: “Boi Bandido”

PORTAL DO SERTÃO - TERRITÓRIO 19

Beto tem baixa visão progressiva. Diante da dificuldade de ver, ele decide viver intensamente o mundo á sua volta, embarcando em uma grande jornada de descobertas através da cultura de sua região. Em contato com suas próprias raízes, Beto aprende a enxergar com os olhos da imaginação.

Documentário: “Tragédia do Tamanduá”

VITÓRIA DA CONQUISTA – TERRITÓRIO 20

Filme que deseja reaver um fato histórico de impacto e relevância. Ocorrido no município de Belo Campo, região Sudoeste da Bahia. Através de diversos olhares os contornos da tragédia são mostrados e os seus limites invadidos.

Documentário: “Iyá – A Vida, A Luta, O Samba, A Trajetória do Samba de Suerdick”


RECÔNCAVO - TERRITÓRIO 21

Cachoeira, Bahia – Inicio do século XXI. O Samba de Suerdick, patrimônio cultural da humanidade, resiste ao tempo sustentado pela aposentadoria de D. Dalva, de 86 anos, sua fundadora. O processo de produção coletiva do samba e sua existência são contados nesse documentário que mergulha fundo na luta dessas três gerações de mulheres, Dona Dalva e suas filhas e netas, para manter viva essa tradição.

Documentário: “Aqui, no Médio Rio de Contas”

MÉDIO RIO DE CONTAS - TERRITÓRIO 22

Na beira do Rio de Contas, um velho tropeiro acampa para o pernoite e acolhe um jovem mochileiro que faz uma excursão pelas trilhas da região. No diálogo do passado com o presente revelam-se histórias, causos e mistérios do território do Médio Rio de Contas, no estado da Bahia.

Documentário: “Terras Convergentes”


BACIA DO RIO CORRENTE - TERRITÓRIO 23

Uma localidade que tem na religião origem e a base da sua cultura.

Assim é a região da Bacia Corrente, que tem como seu pólo o município de Correntina. O documentário Terras Convergentes mostra como a população local se organiza para levar adiante através das gerações a sua cultura. O reisado e as encomendadeiras são uma prova de que a fé em Deus exige compromisso e que e de que as obrigações podem ser compridas com muita vontade e alegria.

Documentário: “Terra Marcada”

ITAPARICA – TERRITÓRIO 24

“Terra Marcada” lança um novo olhar sobre a cultura sertaneja na Bahia. O filme documenta a preservação da identidade cultural da mulher sertaneja que vive na região da barragem de Itaparica. Com animações inspiradas na literatura de cordel, o documentário conta com a participação de lavadeiras, tecedeiras, trabalhadoras rurais, importantes personagens das comunidades sertanejas que contribuem com depoimentos e histórias sobre as peculiaridades da região. Um importante registro de valores e tradições sertanejas que se preservaram ao longo dos séculos.

Documentário: “A Procissão dos Homens”

PIEMONTE NORTE DO ITAPICURU - TERRITÓRIO 25

Às vezes não importa como nasce uma tradição, mas sim o que ela representa para as pessoas que a mantêm. Procissão dos Homens é o registro de um ritual que ocorre no cemitério do povoado de Bananeiras, distrito de Pindobaçu, Bahia. Cenas instigantes revelam aspectos históricos do imaginário coletivo e a contextualização da morte na cultura de um grupo.

Documentário: “Beijupirá”

Região Metropolitana de Salvador - RMS - TERRITÓRIO 26

Salvador, Bahia. A comunidade de pescadores artesanais de Paripe sobrevive há gerações do que tira da Baía de Todos os Santos. Peixe abundante no passado, o “beijupirá” tem desaparecido dessas águas. Jairo mais dois pescadores artesanais partem em busca dele para provar suas existência.



 
Governo da Bahia

© 2017 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.