Salvador, 23 de abril de 2017
Portal do IRDEB
Principal > IRDEB > Acontece > IRDEB anuncia resultado do edital de cadastramento


altO IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia publicou no Diário Oficial do Estado, o resultado do Edital nº 03/2014 realizado por meio da Chamada Pública para seleção, cadastramento e licenciamento de obras audiovisuais de curta, média, longa metragem e obras seriadas de ficção, documental, animação, musical ou experimental. Foram inscritas 319 obras, das quais 286 foram habilitadas e 51 selecionadas. 235 proponentes não alcançaram a pontuação mínima exigida no edital. Das obras selecionadas, 25 são da Bahia, uma de Minas gerais, três do Distrito Federal, uma do Mato Grosso, 10 do Rio de Janeiro, uma do Rio Grande do Sul, duas de Santa Catarina e oito de São Paulo. Em relação aos formatos das obras selecionadas, nove são curta metragens, 18 média metragens, 16 longa metragens e oito são obras seriadas.

Os selecionados são :

1. Meteorango Kid – O Herói Intergalático

2. Série – Thimk Tank

3. Filhos de João, Admirável Mundo Novo Baiano

4. O Mágico e o Delegado

5. Eu Me Lembro

6. Recife/Sevilha – João Cabral de Mello Neto

7. O Povo Brasileiro

8. Reis da Rua

9. O Gigante

10. Ritos de Passagem

11. Ser Tão Cinzento

12. Brasilianos – Jovens Músicos do Neojibá

13. Boi Aruá

14. Pixinguinha e a Velha Guarda do Samba

15. O Homem que Não Dormia

16. Joelma

17. No Lixo do Canal 4

18. Cuica de Santo Amaro

19. Danças Brasileiras - Segunda Temporada

20. Agostinho da Silva – Um Pensamento Vivo

21. Filhas do Vento

22. Danças Brasileiras – Primeira Temporada

23. O Gigante do Papelão

24. Desvelo

25. Zirig Dum Brasília

26. Estratégia Xavante

27. O Manuscrito Perdido

28. Mitã

29. Intérpretes do Brasil

30. Pachamama

31. Carreto

32. A Anti Performance

33. Batatinha e o Samba Oculto da Bahia

34. Desacerto

35. Transcrever

36. O Vento Forte do Levante

37. O Crime e o Burguês

38. Curandeiro do Jarê

39. Água de Meninos, A Feira de Cinema Novo

40. Navegantes

41. Trampolim do Forte

42. Machado do Brasil

43. O Guarani

44. Memórias da Capoeira do Recôncavo – Besouro e Outros Capoeiras

45. Menino do Cinco

46. Na Terra do Sol

47. Alçapão para Gigantes

48. Construindo um Brasil Melhor

49. Educação Musical – Villa Lobos & Os Quartetos de Cordas

50. Cascalho

51. Prá Lá do Mundo

Participaram do Edital nº 03/2014 empresas produtoras brasileiras independentes, pessoas físicas, ou empresas distribuidoras detentoras dos direitos de comercialização da obra. As obras indicadas poderão ser licenciadas, sem exclusividade, pelo período de 48 meses, sem limite de exibição na Televisão Educativa e Portal do IRDEB. As obras audiovisuais foram avaliadas pelas suas características tais como: mérito e qualidade artístico-cultural, relevância no contexto sociocultural de sua realização, criatividade, inovação e singularidade, estímulo à diversidade cultural, qualidade narrativa e estética e padrão e qualidade técnica para exibição em radiodifusão digital. A seleção foi feita por uma Comissão Avaliadora constituída de cinco membros, incluindo produtores, críticos e profissionais do setor. O processo foi conduzido pela Diretoria de Programação e Conteúdos - DPC do IRDEB. As obras que não alcançaram a pontuação mínima podem ser retiradas na Diretoria de Programação e Conteúdos das 9h às 12h e das 14h às 17h com prévio agendamento no telefone 71 3116-7340.

CONFIRA OS INDICADOS PARA INTEGRAREM OS CADASTROS DE OBRAS AUDIOVISUAIS DO IRDEB DA SELEÇÃO DAS OBRAS AUDIOVISUAIS AQUI


PROFISSIONAIS QUE COMPUSERAM A COMISSÃO DE SELEÇÃO DO EDITAL 03/2014

Silvana Moura de Assis Brasileira, 45 anos, jornalista, pós graduada em roteiro para televisão e vídeo. Realizou capacitação na linguagem audiovisual para professores da rede estadual de ensino. Em 2000 criou o roteiro e produziu o CD infantil "Estórias de Natal". Em 2014, roteirista, direção e produção da série para TV Beleza Pura - programas sobre os blocos afros de Salvador. Em 2005 - 2006 juri do DOC TV Brasil. 2006 - 2011 roteirista, direção e produção dos especiais de carnaval da TV Bahia. 2014 - Juri no Festival Nacional Imagem em 5`. Atualmente é Coordenadora de Programação e Conteúdos da TVE e professora dos cursos de Comunicação e Audiovisual - Roteiro para cinema, TV e vídeo, telejornalismo, programação de TV e Cultura Brasileira e Baiana, na Unijorge.

Raimundo Luis Fortuna Chagas Brasileiro, 68 anos, Mestre em Cinema e Arquitetura pela Universidade Federal da Bahia. 1969-1984 realizou e dirigiu curtas metragem. No IRDEB, de 1986-1991 foi diretor e roteirista de programas de TV: documentário, programas de estúdio, vídeo clips e trabalhos experimentais. de 1994-2000 fez direção do programa "Viver a Escola". 2007-2012 foi do documentário "Rio de Contas - Tapete da Esperança" e o programa "Perfil & Opinião. Em 2011 foi responsável pelo o acompanhamento da realização e avaliação de vídeos e documentários independentes e/ou vencedores de editais, 26 doc´s. Atualmente é Coordenador de Cinema e Vídeo no Palacete das Artes e professor do curso Iniciação ao Cinema, Elementos de um filme.

Ednilson Mota Dias Brasileiro, nascido em 1965, Diretor de Teatro, Produtor, Iluminador, Jornalista, Radialista e Documentarista, graduado como Bacharel em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia em 1995. Iniciou-se no teatro em 1988, trabalhando como assistente de direção dos espetáculos Poemas, Sonatas e Confissões Patéticas, de Sérgio Farias; Em Cima da Terra, Embaixo do Céu, do IV Curso Livre da Escola de Teatro ad UFBA de 1989 e As Bacantes do diretor José Celso Martinez Corrêa, em 1992. Desde de 1992 no IRDEB exerce as funções de produtor, diretor de programas especiais e documentários. Atualmente é Diretor de Cena e responsável pelo quadro "Soteatro" no programa Soterópolis.

Ludmila Moreira Macedo de Carvalho Nasceu em Brasília, em 1980, Mestra em Comunicação e Cultura Contemporânea, Doutora em Estudos Cinematográficos. Há treze anos faz pesquisa e desenvolvimento na linha de análise fílmica na Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia. 2002-2005 - Jornalista, crítica de cinema e editora do jornal A Tarde. Trabalhos publicados "Uma análise metodológica das críticas jornalísticas de cinema, o Cinema de Hong Kong - do local ao transnacional.

Manoel Adolfo Gomes Sampaio Brasileiro, 40 anos, jornalista, crítico de cinema (Abraccine) e cineclubista. Fundou a Associação “Amigos do Cinema” que, entre 1993 e 2005 em Belém do Pará, realizou diversas retrospectivas e mostras, entre as quais “Robert Bresson – olhos para o impossível”, “Em Torno da Nouvelle Vague” e “Antonioni, Resnais e Fassbinder – Três Cineastas e o Continente”. Ministrou as oficinas “Olhar o cinema – uma introdução à cinefilia” (Iphan – Belém-PA), “Cinema Corsário – uma viagem pelos filmes de gênero” e “Gostoso de ver: uma revisão da pornochanchada brasileira” (Panorama Internacional Coisa de Cinema - Salvador -BA). Curador de ciclos como “O cinema de João César Monteiro”, “O Mito de Dom Sebastião no Cinema” e Mostra Eugène Green". É colaborador da revista eletrônica Contracampo e coordenador do Núcleo de Difusão da Diretoria de Audiovisual, da Fundação Cultural da Bahia desde 2007.





 
Governo da Bahia

© 2017 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.