IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

Posts marcados com ‘Secretária Municipal da Reparação (SEMUR)’

fev
21

Casos de racismo são crescentes no último dia de carnaval

Postado por DjBranco

Os postos do Observatório contabilizaram, desde a abertura da folia, 331 casos de racismo, sexismo e homofobia. Este registro apresenta um aumento significativo em relação ao mesmo período do carnaval 2011 que registrou 237 casos. Porém, os registros de racismo ainda são alarmantes na cidade com maior número de negros do país, com 205 ocorrências.

As ações machistas também chamam atenção nesta sétima edição do Observatório, tendo em vista que já foram registrados 110 casos contra 91 totais do ano anterior.  Os resultados do Observatório alertam que, a maior festa popular do mundo, infelizmente, não está sendo democrática e comprova, através destes registros, a existência de ações discriminatórias, violentas e desiguais.

(mais…)

mai
14

O premiado espetáculo “O Dia 14” em três únicas apresentações no Centro Cultural da Barroquinha

Postado por DjBranco

A Secretária Municipal da Reparação (SEMUR) apresenta o Premiado Espetáculo “O Dia 14”, como instrumento para aplicação da Lei 11 645/08 nas escolas do Estado.

A premiada Companhia de Teatro Abdias do Nascimento (CAN) que recebeu 6 indicações ao Prêmio Braskem de Teatro e Prêmio de Revelação para a CAN em 2008, com o espetáculo “O Dia 14”, direção de Ângelo Flávio, é convidada pela SEMUR para compor o calendário comemorativo do pós 13 de maio de 1888, nos dias 14,15 e 16 de maio às 20h, no Centro Cultural da Barroquinha.

O convite da SEMUR tem como objetivo utilizar o espetáculo “O Dia 14” como instrumento pedagógico na discussão das políticas de Ações Afirmativas para professores e alunos da rede pública de ensino. A Lei 11 645/08 estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena”.

Foto: Camila Souza

Através de uma encenação poética e vigorosa, o espetáculo conta de forma atemporal a trajetória da diáspora negra do “Brasil-colônia” até os dias atuais, tendo como eixo dramaturgico o antes e o depois do dia 13 de maio de 1888. 

O espetáculo dirigido por Ângelo Flávio, recebeu 6 indicações ao Prêmio Brasken de Teatro ano passado, uma das mais importantes prêmios do Norte e Nordeste, incluindo Melhor Espetáculo, Direção, Dramaturgia, Atriz, Ator e Revelação.

(mais…)

Governo da Bahia  ©2020 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.