IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

Salvador sedia lançamento do livro de fotografias “Memórias de Resistências Negras”

zumvi1banner
Trinta e cinco anos de registros fotográficos de manifestações políticas e culturais do movimento negro baiano está sob o alcance das mãos. O presente trata-se do lançamento do livro “Memórias de Resistências Negras”, uma seleção de 100 fotografias de manifestações do Movimento Negro e o cotidiano dos afrodescendentes em diversas temáticas e contextos políticos, artísticos e culturais na Bahia. O lançamento acontece na próxima quarta-feira (28), às 18h30min, no Auditório do Centro de Cultura da Câmara de Vereadores – ao lado do Elevador Lacerda, Pelourinho.

A publicação é organizada pelo Zumvi Arquivo Fotográfico, um acervo de fotos de comunidades negras da Bahia, e suas expressões políticas e culturais. O Zumvi é mantido há quase três décadas pelo fotógrafo e idealizador do projeto, Lázaro Roberto, que com uma câmera na mão e muita sensibilidade no olhar percorreu a Bahia e o Brasil coletando instantes de memórias de resistências negras.

O livro traz fotos inéditas de momentos emblemáticos na luta da comunidade negra no Brasil, como: a Marcha da Consciência Negra, nas ruas do Centro de Salvador (1980); a recepção de Nelson Mandela, em Salvador (1991); aula inaugural do Instituto Steve Biko, em Salvador (1993); diversas manifestações do Grupo de Mulheres do MNU, em Salvador e São Paulo, entre outros momentos históricos.

O catálogo faz homenagem ao poeta, professor, radialista e ativista, Jônatas Conceição, um dos mais importantes nomes na luta por igualdade no Brasil no século XX, membro fundador do Movimento Negro Unificado (MNU).
ZUMVI ARQUIVO FOTOGRÁFICO
O acervo foi institucionalizado como uma associação sem fins lucrativos na década de 1990, e desde então vem registrando manifestações populares em comunidades quilombolas, blocos afros e afoxés, festas populares, passeatas reivindicatórias, estética negra, exclusão social, atividades realizadas pelos Movimentos Negros.

Lázaro Roberto acumulou um acervo de mais de 20.000 (vinte mil) negativos. Parte desse acervo foi ampliado com uma importante contribuição doada pelo educador e militante, Jônatas Conceição da Silva. A doação soma 1.618 negativos de registro de episódios do campo da cultura e política negro-baiana, entre os anos de 1980 a 1993.  O acervo foi doado em 2006, três anos antes de seu falecimento.

Lázaro profissionalizou-se na arte de registrar as memórias negras através das lentes, sendo intitulado de “ LENTE NEGRA”. Em 1995, foi premiado pela União de Negros pela Igualdade (UNEGRO) com o troféu “Clementina de Jesus”, dedicado a pessoas que se destacam na afirmação social do povo negro.
O QUÊ? Lançamento do livro “Memórias de Resistências Negras”
QUANDO? Quarta-feira (28), às 18h30min
ONDE? Auditório do Centro de Cultura da Câmara de Vereadores – ao lado do Elevador Lacerda, Pelourinho.

OBS: SEGUEM EM ANEXO FOTOS DO ARQUIVO E O CARTAZ DO EVENTO

Assessoria de Comunicação:
(71) 999041212 / (71) 987713571 / (75) 991259641

Tags: , ,

Deixe um comentário

 
Governo da Bahia  ©2019 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.