IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

Seminário Internacional discute o direito de jovens à saúde sexual e reprodutiva


Durante quatro dias, brasileiros e estrangeiros debaterão sobre a importância de políticas, ações e programas em saúde para adolescentes e jovens

Brasília sediará o Seminário Internacional “Saúde, Adolescência e Juventude: promovendo a equidade e construindo habilidades para a vida”, que acontecerá entre os dias 16 a 18 de outubro. O encontro tem o objetivo de promover a troca de conhecimentos e boas práticas entre especialistas, gestores, profissionais e lideranças juvenis sobre a importância da saúde, em especial a saúde sexual e reprodutiva, para que adolescentes e jovens tenham seus direitos assegurados e alcancem seu pleno potencial. Como parte do evento, haverá no dia 15 de outubro uma visita guiada para participantes de outros países aos serviços públicos de saúde do Governo do Distrito Federal (GDF) voltados para esse segmento da população.

O Seminário Internacional terá a participação de 250 convidados de 13 países, além do Brasil, e será transmitido ao vivo pela Internet. Com o mote “garantindo direitos para que adolescentes e jovens escolham a sua hora”, o evento vai abordar a construção de habilidades entre adolescentes e jovens para a tomada de decisões voluntárias no exercício da sexualidade e vida reprodutiva, com foco na gravidez não planejada e na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e Aids, entre outros temas.

O seminário é voltado para lideranças juvenis; tomadores de decisão nas três esferas de governo; profissionais e gestores dos setores saúde, juventude, educação, justiça, direitos humanos, desenvolvimento social, igualdade racial e políticas para mulheres; pesquisadores; representantes dos conselhos de direitos; representantes da Comissão Nacional de População e Desenvolvimento; sociedade civil; operadores de direito; setor privado; e organizações internacionais. Os 13 países convidados para participar do evento são Argentina, Colômbia, Cuba, El Salvador, Equador, Etiópia, Guiana, Moçambique, Nigéria, Peru, Tailândia, Uruguai e Venezuela.

Os participantes terão ainda a oportunidade de discutir como aprimorar as capacidades institucionais (no setor saúde e demais setores) para o reconhecimento e inclusão das necessidades e expectativas em saúde de adolescentes e jovens nas políticas, ações e programas, bem como o monitoramento e avaliação de políticas para adolescentes e jovens com foco em saúde sexual e reprodutiva, no âmbito dos direitos dessa população. Esta parceria com o Governo Brasileiro é parte dos esforços globais do UNFPA no âmbito da estratégia “Reconhecendo o Potencial da População Jovem”.

O evento é organizado pelo Ministério da Saúde, numa iniciativa da Coordenação de Saúde de Adolescentes e Jovens (ASAJ) do Departamento de Ações Programáticas Estratégicas (DAPES) da Secretaria de Atenção à Saúde (SAS); Secretaria Nacional de Juventude (SNJ); e Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA). O seminário conta ainda com o apoio do GDF (Secretaria de Saúde, Secretaria de Cultura e Fundo de Apoio à Cultura). Mobiliza também várias áreas do Ministério da Saúde e entidades parceiras, como a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM), Secretaria de Direitos Humanos (SDH), Ministério da Educação (MEC), Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e Universidade Católica de Brasília, além de 11 redes de organizações da sociedade civil que trabalham com temas de juventude.

O seminário contará com 2 conferências e 11 sessões de trabalho, além de espaços para encontros estratégicos entre os participantes governamentais, organizações, redes e lideranças juvenis do Brasil e do exterior.

 

Confira a programação em: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/programacao_seminario.pdf

 

Tags: , , ,

Deixe um comentário

 
Governo da Bahia  ©2021 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.