IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

Terceira edição de Prêmio Odair Firmino de Solidariedade valorizará experiências juvenis

Juventude, Desenvolvimento e Solidariedade: Semeando Direitos, Colhendo Vidas. Esse é o tema da terceira edição do Prêmio Odair Firmino de Solidariedade. A iniciativa, promovida pela Cáritas Brasileira, é destinada a grupos, organizações, movimentos e cooperativas de jovens que fortaleçam o protagonismo juvenil e a promoção de direitos da juventude.

Os (as) interessados (as) em participar do Prêmio poderão fazer a inscrição entre os dias 10 de julho e 10 de setembro através do site da iniciativa. Alessandra Miranda, assessora de juventude da Cáritas, explica que o objetivo do Prêmio é pautar algum assunto ligado à questão social, tanto dar visibilidade a iniciativas que atuam na área como para revelar as exclusões. Neste ano, o tema é juventude, assunto que, de acordo com ela, já vem sendo pautado pela Cáritas.

“O tema tem como objetivo fortalecer a juventude como prioridade na instituição e as ações jovens, além de estar em sintonia com os eventos que irão ocorrer”, comenta, lembrando que a juventude será tema da Campanha da Fraternidade em 2013 e ainda estará mobilizada para a Jornada Mundial de Juventude, evento que reunirá jovens de todo o mundo em julho do próximo ano, no Rio de Janeiro (RJ).

A ideia, segundo Alessandra, é dar visibilidade a experiências “de jovens para jovens” que tenham o objetivo de mudar a realidade local. “O Prêmio é a possibilidade concreta para mudar o olhar sobre a juventude”, comenta, observando que a sociedade costuma “olhar” para os (as) jovens a partir de duas perspectivas: a da juventude como um problema e a da juventude como o futuro. “Queremos olhar a juventude com a perspectiva do agora”, afirma.

Além disso, a assessora de juventude da Cáritas ressalta a importância de chamar a atenção para os debates sobre as problemáticas ainda enfrentadas pelas juventudes, como a violência, por exemplo. Basta observar as taxas de homicídios entre jovens para perceber que o problema é preocupante.

De acordo com o Mapa da Violência 2011: os jovens do Brasil, elaborado pelo Instituto Sangari, a taxa de homicídios de pessoas entre 15 e 24 anos, em 2008, foi de 52,9 por 100 mil habitantes. Das 50.113 vítimas de assassinato naquele ano, segundo o estudo, 18.321 eram jovens dessa faixa etária.

O Prêmio – A terceira edição do Prêmio Odair Firmino de Solidariedade selecionará experiências que promovam a inclusão de jovens. Podem ser ações ligadas à inclusão digital e tecnológica, iniciativas de combate à violência contra a juventude, ações de superação da pobreza e geração de renda, experiências de incentivo à participação juvenil e à promoção e defesa de direitos, entre outras.

Os (as) interessados (as) terão entre os dias 10 de julho e 10 de setembro para efetuar a inscrição via internet. A premiação ocorrerá no dia 9 de novembro. As experiências vencedoras receberão uma estatueta do Prêmio, certificado de participação, além de prêmios em dinheiro para o fortalecimento da iniciativa.

Fonte: Adital Jovem

Tags:

2 Comentários para “Terceira edição de Prêmio Odair Firmino de Solidariedade valorizará experiências juvenis”

  1. Mauricio disse:

    olá como faço para me inscrever? será aceito projeto de natureza cultural que ja venha sendo executado e que ja foi apoiado pelo o Governo do Estado? como faço?

    Obrigado,

    Mauricio.

  2. Esmeraldo Ramos Neto disse:

    Excelente.

    Pergunto: qual a exigência com relação ao estágio de implantação do projeto? Explico: projetos já

    implantados, a serem executados!? Os executores deverão ser jovens?

    Gostaria de melhor esclarescimento a respeito.

    Obrigado.

Deixe um comentário

 
Governo da Bahia  ©2020 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.