IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

Marinha abre inscrição para 2,2 mil vagas de aprendizes-marinheiros

Os candidatos podem se inscrever pelo site www.ensino.mar.mil.br ou nas Organizações Militares da Marinha listadas no edital, nos dias úteis, das 8h30 às 16h30, até 28 de fevereiro. A taxa é de R$ 12.

O candidato (só pode ser do sexo masculino) deve ser solteiro e não ter união estável; ter 18 anos completos e menos de 22 anos de idade no primeiro dia do mês de janeiro do ano do início do curso, previsto para 23 de janeiro de 2012 (nascidos entre 2 de janeiro de 1990 e 1 de janeiro de 1994); ter concluído, com aproveitamento, o ensino fundamental até a data prevista no calendário de eventos para a verificação de documentos.


O Curso de Formação de Marinheiros para a Ativa será conduzido nas Escolas de Aprendizes-Marinheiros (EAM), sob regime de internato, e tem duração de um ano letivo, realizado em 48 semanas, no qual serão ministradas disciplinas do ensino básico e do ensino militar-naval.

Durante o curso, além de alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa, o aprendiz-marinheiro receberá remuneração.

As EAM são estabelecimentos de ensino militar da Marinha do Brasil (MB), cujo propósito é formar marinheiros para o Corpo de Praças da Marinha. Atualmente existem quatro escolas: Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará, em Fortaleza (EAMCE); Escola de Aprendizes-Marinheiros de Pernambuco, no Recife (EAMPE); Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo, em Vitória (EAMES) e Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina, em Florianópolis (EAMSC).

Será facultado ao candidato manifestar preferência por cursar em uma das EAM na inscrição. Entretanto, a Marinha reserva-se o direito de designar o candidato para qualquer outra das escolas, atendendo, se possível, à classificação do candidato.

Na apresentação em uma das EAM, o candidato classificado dentro do número de vagas previsto será incorporado com a graduação de aprendiz-marinheiro.

Durante o curso, os alunos serão submetidos a exame psicológico para avaliar os aspectos de personalidade, motivacionais e a compatibilidade com o perfil psicológico exigido para a carreira de praças. A aprovação no exame será requisito para a promoção a grumete e continuidade no curso da EAM.

Ao concluir o curso com aproveitamento, o grumete prestará juramento à bandeira, assumindo compromisso de tempo de serviço por um período de 2 anos, contados a partir do dia imediato ao do término do Curso de Formação de Marinheiros.

A seguir, será designado para servir a bordo de navio ou Organização Militar da Marinha em qualquer parte do território nacional, onde será promovido a marinheiro e cumprirá estágio inicial destinado à avaliação do desempenho ao longo do primeiro ano da graduação.

Apenas os marinheiros aprovados no estágio Inicial, considerados então plenamente adaptados à carreira naval, poderão permanecer no Serviço Ativo da Marinha (SAM).

Desde que alcance os requisitos mínimos previstos no Plano de Carreira de Praças da Marinha, pela legislação em vigor, a última graduação na carreira de Praça é a de Suboficial.

O processo seletivo é constituído das seguintes etapas: prova escrita objetiva única, com 50 questões de conhecimentos gerais de matemática, português e ciências; e eventos complementares, constituídos de seleção psicofísica, teste de suficiência física e verificação de dados biográficos.

A prova objetiva será no dia 26 de abril, das 10h às 14h. O início do curso é em 23 de janeiro de 2012.

Confira o edital aqui

Fonte: G1

Tags: ,

13 Comentários para “Marinha abre inscrição para 2,2 mil vagas de aprendizes-marinheiros”

  1. Eu queria saber pq ñ tem inscrição para mulher isso é um tipo de preceito?

  2. Elaildes ferreira disse:

    As mulheres também querem servir a marinha,mas as oportunidades estão curtíssimas,as inscrições
    feminina na Bahia serão abertas quando?

  3. quando sai as matrículas??????e qual o valor do curso?????

  4. As mulheres também querem servir …
    eu quero servir a Marinha pq não?
    não concordo com isso ….para as mulheres as forças armas estão feixadas na verdade , a mulher tem que exercer no cargo de enf.. se quizer seguir carreira ou entrar aff..

  5. Barbara disse:

    Acho um absurdo, queremos ter direitos iguais,!
    O porq de nao poder servir?

  6. Claudine disse:

    é realmente um ABSURDO esse tipo de coisa acontecer no Brasil. Um país onde a presidenta da república, queria e excelentíssima Dilma, diz lutar pelo sexo feminino. Lutar de que jeito? Porque defendendo-o e criando oportunidades é que não é.

  7. deivison reis carvalho disse:

    porq nao tem vagas para mulher? é simples vcs nao vao guenta segura a piriquita e vai pega bariga ^^

  8. valdete disse:

    Por que não tem vagas para mulheres!!!!!!!!!!!!!!!!

  9. juliana disse:

    eu tambem nao concordo com isso acho que eles deviam dar a chance que nos precisamos para mostrar que somos capazes eu queria servir a area de corpos de engenheiros mas to vendo que nao vai dar isso e realmente um absurdo e como assim nao vamos aguentar segurar a periquita se a gente quer entrar la nao e para sair se abrindo para qualquer um e sim para fazer oq achamos certo absurdo de verdad e em pleno seculo 21 ainda existir tamanho maxismo que coisa mais sem escrupulos estou extremamente espantada e agora e que eu paro e me pergunto ;QUE PAIS E ESSE??????????

  10. ruany disse:

    eu queria saber o pq de nao ter vagas para mulher

  11. ruany disse:

    poxa seria tao bom se tivesse aprendiz de marinheiro para mulher

  12. Larissa disse:

    Queria saber se abre pra mulheres ?

  13. Pedro Medeiros disse:

    Eu estou em uma escola pré-militar, ( BPM ) e sem sombra de duvidas estou apto a fazer a inscrição e todas as provas da EAM-PE.

Deixe um comentário

 
Governo da Bahia  ©2014 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. SECOM - Secretaria de Comunicação Social