IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

Slam de poesia virtual abre inscrições para mulheres e LGBTs de toda Bahia multiplicarem seus versos

Foto: Camila Aguiar / na foto Karen Oliveira

Foto: Camila Aguiar / na foto Karen Oliveira

Entre os dias 22 de fevereiro e 05 de março as poetas podem se inscrever para competir no slam do Festival Pandemia Poética, que vai premiar as finalistas com valores entre R$ 200,00 e R$ 500,00.

Em 2ª edição, o Slam de Poesia, que movimentou a internet no início da quarentena, ganha proporção e vira Festival Pandemia Poética. Agora, além de batalha de poesia com prêmio em dinheiro, o projeto terá oficinas, seminário e lives com apresentações poéticas.

As inscrições para as poetas que pretendem competir pelos prêmios de R$500,00, R$300,00 e R$200,00 podem ser feitas através do link (https://bit.ly/3pBaN3A). As poetas finalistas também terão a oportunidade de se apresentar ao vivo na live final do Festival. O público poderá votar para ajudar a decidir qual poesia merece ganhar e poderá assistir o resultado ao vivo, se emocionando junto com as slammers (poetas de batalha) .


Serão 12 classificadas para a disputa, exclusivamente poetas mulheres e LGBTQIA+ da Bahia, e a curadoria será feita pelas artistas e poetas Amanda Rosa, Sued Hosaná e Fabiana Lima, co-idealizadora do Slam das Minas BA. A divulgação das competidoras selecionadas será feita ao vivo na primeira live poética do Festival, dia 21 de março. A live que será exibida pelo canal Selo Nsabas terá apresentação das finalistas da 1ª Edição do Slam Pandemia Poética, Bruna MC, Lara Nunes, Rool Cerqueira e Carine Narciso.

Pandemia Poética é uma realização do Selo Nsabas e teve sua primeira edição em 2020, apenas como Slam (batalha de poesia), gerando renda para 12 agentes culturais, entre competidores e produtoras. Na 2ª edição, o projeto tem suporte da Giro Planejamento Cultural e apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal. Esse investimento vai permitir que quase o dobro de pessoas sejam remuneradas nesta edição, que também traz novidades.

“Estou muito feliz em poder ampliar a programação e elevar a qualidade do evento, mas sem sombra de dúvidas um dos aspectos mais positivos deste novo momento é a possibilidade de rentabilizar de forma justa tantos agente que muitas vezes se sacrificaram para fazer a poesia se propagar com a importância social e cultural que ela tem. Estamos empregando diretamente 22 pessoas, além de outras prestações de serviço,  promovendo formação, entretenimento, bem estar e geração de renda, e dizendo pro mundo que a poesia falada é arte, movimenta uma economia e precisa ser valorizada!”, elucida a idealizadora e produtora executiva do projeto, Karen Oliveira.

O Festival
O início oficial do Pandemia Poética será no dia 15 de março, com o Seminário de Abertura, “Empreendedorismo Literário e a Literatura de Mulheres Negras e Periféricas na Bahia”. O bate papo será online e aberto ao público, com a participação da idealizadora do Diálogo Insubmissos de Mulheres Negras, Dayse Sacramento, e Tereza Sá, educadora e pesquisadora do tema no Sul da Bahia. Toda programação será online e aberta, com exceção das oficinas formativas, que apesar de gratuitas tem limite de inscrições.

Poetas de todo Brasil poderão se inscrever gratuitamente nas oficinas de Empreendedorismo Literário com Hundira Cunha, Literatura Cartonera com Kaliana Oliveira da Hora e Vivências Poéticas e Corpóreas com Rool Cerqueira, que acontecem respectivamente de 16 a 18 de março. Dentre as vagas, uma quantidade será direcionada a mulheres e pessoas LGBTs, especialmente baianas. A inscrição acontecerá pelo Sympla, entre 08 e 12 de Março.

Assista toda programação
A programação começa com o Seminário, dia 15 de março, mas seguirá com lives shows de performances poéticas, no YouTube e lives de microfone aberto para o público participar e recitar, no Instagram, onde também a mestre de cerimônias Ludmila Singa convida uma das juradas para apresentar as selecionadas de cada fase. Fique por dentro da programação do Festival Pandemia Poética:

15 de Março | Seminário de Abertura Empreendedorismo Literário e a Literatura de Mulheres Negras e Periféricas na Bahia com Deyse Sacramento e Tereza Sá, Educadora e Pesquisadora no Sul da Bahia | Canal Selo Nsabas no YouTube

16 de Março | Oficina Empreendedorismo Literário –  com Hundira Cunha | Sympla

17 de Março | Oficina Literatura Cartonera – com Kaliana Oliveira da Hora | Sympla

18 de Março |  Oficina Vivências Poéticas e Corpóreas com Rool Cerqueira | Sympla

21 de Março |  Live Show das finalistas da 1ª edição  Bruna MC, Lara Nunes, Rool Cerqueira e Carine Narciso e Resultado das classificadas | Canal Selo Nsabas no YouTube

23 e 24 de Março | 1ª fase da competição | Canal Selo Nsabas no YouTube

25 de Março –  Resultado das classificadas 1ª fase com Sued Hosaná | Live no Instagram @slampandemiapoetica

27 e 28 de Março | 2ª fase da competição | Canal Selo Nsabas no YouTube

29 de Março – Resultado das classificadas 2ª fase com Amanda Rosa | Live no Instagram @slampandemiapoetica

31 de Março 01 de Abril |  Final da competição | Canal Selo Nsabas no YouTube

04 de Abril | Live Show das finalistas e Resultado ao vivo com Fabiana Lima | Canal Selo Nsabas no YouTube

Tags: ,

Deixe um comentário

 
Governo da Bahia  ©2021 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.