IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

Prêmio Braskem de Teatro vai revelar os destaques das artes cênicas na Bahia

Premio Braskem de TeatroCom o tema “A história do teatro em tempos de exceção e a relação com o tempo atual”, a cerimônia da 27ª edição do Prêmio Braskem de Teatro vai apresentar neste domingo, 18, os destaques das artes cênicas baianas. Com direção artística de Gil Vicente Tavares, a celebração terá um conceito inédito, reproduzindo o formato de um programa de televisão ao vivo dentro do estúdio da TVE Bahia e propondo uma reflexão sobre o papel da cultura em tempos de pandemia.

“Ao longo da história da humanidade, o teatro já sofreu impactos por pandemias, guerras e questões religiosas e políticas. Mas ressurgiu melhor e mais incrível. Com isso, queremos inspirar esperança, mostrando que vivemos um momento diferenciado, mas temos uma história incrível no passado e que coisas fantásticas vão acontecer no futuro”, explica Gil Vicente, diretor, dramaturgo, compositor e vencedor de diversas edições da premiação.


Os momentos marcantes dos 27 anos da premiação serão revistos durante o programa, ressaltando sua importância para a classe artística. “Ao longo da sua trajetória, o Prêmio Braskem fomentou o teatro baiano, cumprindo um papel importante de valorização dos artistas e de todos profissionais que acompanham a cena teatral. A Braskem acredita na capacidade de desenvolvimento e na grande força de transformação da cultura, que é fundamental para a construção de uma sociedade mais consciente e diversa”, pontua Ana Laura Sivieri, diretora de marketing e comunicação da Braskem. Realizada pelo Caderno 2 Produções, a premiação é patrocinada pela Braskem e Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda.

Cinco vezes indicado ao Prêmio Braskem de Teatro e dono de duas estatuetas, o diretor e ator Marcelo Praddo destaca que a premiação “já faz parte da história do nosso teatro, ajudando a valorizar os artistas e técnicos”. Agora, ele terá a missão de apresentar, ao lado da atriz Denise Correia, a cerimônia de revelação dos vencedores. “É sempre uma alegria apresentar e torcer por meus colegas, dividindo essa emoção do reconhecimento, que é tão importante para todos nós”, afirma.

Como a celebração terá o formato de programa televisivo, Marcelo e Denise, que fizeram carreira nos palcos, terão o desafio de contracenar com a câmera. “É uma linguagem nova para nós artistas de teatro. Temos que naturalizar a contracena com a câmera, a maneira de se posicionar é diferente do teatro. É um desafio, mas também uma experiência marcante e prazerosa”, explica Denise.

Eles farão performances durante a cerimônia, que também vai reconhecer a tradição, homenageando cinco grandes nomes das artes baianas que faleceram esse ano. A trajetória de Anselmo Serrat, Chica Xavier, Fernando Neves, George Vassilatos e Inaldo Santana será relembrada, destacando a contribuição deles para a cena teatral.

A comissão julgadora também terá destaque, apresentando suas impressões sobre o processo de avaliação. Nesta edição, os destaques das artes cênicas na Bahia em 2019 foram escolhidos por Andrea Elia, atriz, diretora e professora de teatro; Elaine Cardim, atriz, doutoranda em Artes Cênicas e professora da Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia (UFBA); João Lima, diretor e presidente da Cooperativa Baiana de Teatro; Marilza Oliveira, doutoranda, mestra em Dança e professora da Escola de Dança da UFBA; e Marcos Uzel, jornalista, escritor e professor com pós-doutorado em Artes Cênicas.

Eles avaliaram 58 peças inéditas, que estiveram em cartaz em Salvador entre 4 de abril e 23 de dezembro de 2019, escolhendo os concorrentes para as categorias de Espetáculo Adulto, Espetáculo Infantojuvenil, Texto, Direção, Ator, Atriz, Revelação e Categoria Especial.

O público poderá acompanhar a cerimônia pela TVE Bahia ou pelo YouTube (www.youtube.com/PremioBraskem).

Confira a lista de indicados:

Espetáculo Adulto
– Holocausto Brasileiro

– Última Chamada

– Pele Negra, Máscaras Brancas

– Sonho de uma Noite de Verão na Bahia

– Vermelho Melodrama

– Espetáculo Infantojuvenil

– Sarauzinho da Calú

– O Jabuti e a Sabedoria do Mundo

– Tati Búfala

– Eu vou te dar alegria

Texto
– Gildon Oliveira e Jorge Alencar, por Vermelho Melodrama

– Aldri Anunciação, por Embarque Imediato

– Diego Araújo, por Holocausto Brasileiro

– Gildon Oliveira, por Das Coisa Dessa Vida

– Luis Antônio Sena Júnior, por Última Chamada

Direção

– Onisajé (Fernanda Júlia), por Pele Negra, Máscaras Brancas

– Thiago Romero, por Última Chamada

– Jorge Alencar, por Vermelho Melodrama

– João Miguel, por Das Coisa Dessa Vida

– Diego Araújo, por Holocausto Brasileiro

Ator
– Ricardo Fagundes, por Das Coisa Dessa Vida

– Eduardo Gomes, por Vermelho Melodrama

– Jarbas Oliver, por Sonho De Uma Noite De Verão Na Bahia

– Israel Barreto, por O avô e o Rio / Revolução
– Everton Machado, por Balada De Um Palhaço
Atriz
– Márcia Lima, por Holocausto Brasileiro

– Edvana Carvalho, por Aos 50 Quem Me Aguenta?

– Ana Mametto, por Sonho De Uma Noite De Verão Na Bahia

– Véu Pessoa, por Vermelho Melodrama

– Fernanda Beltrão, por Dois Pesos, Duas Medidas

Revelação
– Elisleide Bonfim, pela atuação em Holocausto Brasileiro

– Caio Rodrigo, pelo texto de As Cidades

– Matheuzza, pela atuação em Pele Negra, Máscaras Brancas

– Rodrigo Lélis, pela atuação em Osso

– Cristina Leifer, pelo texto de Ensaios Sobre O Fim
Categoria Especial
– Aianne Bilitário e Marcos Lobo, pela cenografia de Escorpião

– Luis Santana, pelo figurino e adereços de Vermelho Melodrama

– Yacoce Simões, pela direção musical de Sonho de Uma Noite de Verão na Bahia

– Euro Pires, pelo figurino de Aos 50 Quem Me Aguenta?

– Erick Saboya, pela cenografia de As Cidades


Sobre o Prêmio Braskem de Teatro
: O Prêmio Braskem de Teatro, que é uma realização da Caderno 2 Produções e patrocinada pela Braskem e Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda, é um evento tradicional já consolidado no cenário cultural da Bahia e tem o objetivo de valorizar, reconhecer e premiar a produção teatral do estado, abrindo espaço para o surgimento de novos talentos. A premiação, que em 2020 chega a sua 27ª edição, exemplifica a estratégia de atuação social da Braskem na valorização e promoção da cultura e das artes, com foco no desenvolvimento humano.

Sobre o Fazcultura: Parceria entre a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e a Secretaria da Fazenda (Sefaz), o mecanismo integra o Sistema Estadual de Fomento à Cultura, composto também pelo Fundo de Cultura da Bahia – FCBA, CrediFácil Bahia (em parceria com a Desenbahia) além das linhas especiais de apoio, como os Pontos de Cultura e o Carnaval Ouro Negro. O objetivo é promover ações de patrocínio cultural por meio de renúncia fiscal, contribuindo para estimular o desenvolvimento cultural da Bahia, ao tempo em que possibilita às empresas patrocinadoras associar sua imagem diretamente às ações culturais que considerem mais adequadas, levando em consideração que esse tipo de patrocínio conta atualmente com um expressivo apoio da opinião pública.

Tags: , ,

Deixe um comentário

 
Governo da Bahia  ©2021 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.