IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia
TV Rádio Notícias Interatividade

Show, missa e feira marcam os 44 anos do bloco Alvorada

Bloco AlvoradaNeste domingo (20), missa, feira de afroempreendedores e show com uma mistura de várias vertentes do samba baiano marcam os 44 anos do bloco Alvorada. A celebração religiosa ocorre na Igreja do Rosário dos Pretos, às 9h, no Largo do Pelourinho, e a partir das 16h, na praça Tereza Batista, no Pelourinho, acontece a Festa da Diversidade Cultural. A Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos será o tema no bloco este ano no Carnaval 2019.

Para festejar a existência do pioneiro bloco do gênero da Bahia, a roda de samba contará com os grupos Bambeia, Na Média e Partido Popular, além das participações de Aloísio Menezes, ​ Roberto Mendes, Arnaldo Rafael (Samba de Cozinha) e Valdélio França. O ingresso solidário custa R$ 10.


Com a primeira edição realizada em novembro do ano passado, a Feira de Afroempreendedores– uma ação do Instituto Alvorada (mantenedora do bloco Alvorada) que contou com parceria da Sociedade Proterora dos Desvalidos– terá mais uma edição na Festa da Diversidade Cultural. Os estandes terão produtos nas áreas de moda, artesanato, gastronomia e serviços dos empreendedores que passaram por curso de capacitação ao longo de seis meses. Dentre as empresas que participam da feira estão: Cris e Rose Doces e Salgados, Lua Clara Massoterapia, Oparáfro, Candaces Moda Afro, Blackpim, Delícias da Safira, Grife Sankofa Ágbára Dúdù, Jane Decorações, Malikáfrica, Jaci Trindade Turbantes, Nepomuceno Artes Gráficas, Dona Luz Bolsas e Acessórios, Duda’s Personalizados, Tanjó Artesanatos, L&M Moda, Acessórios e Estética e Carlão Multimarcas.

Histórico

Criado em 1975, por jovens estudantes do Colégio Severino Vieira, o bloco é um dos patrimônios culturais da Bahia e o mais antigo bloco de samba a desfilar no carnaval da cidade. Como o primeiro bloco dedicado exclusivamente ao samba, desde 1975 tem contribuído para a permanência do ritmo na programação do carnaval, além de estimular o surgimento de outras agremiações e priorizar os artistas da terra.

Alguns dos fundadores são filhos de Valdomiro  França, que liderou o Vai Levando, que chegou a reunir quase 5 mil homens nas décadas de 1950 e 1960. Entre os filhos do famoso França está Valter Aragão França, o Mestre Prego, falecido em 2010 e um dos responsáveis pela percussão do Alvorada, ao lado de Mestre Jacob e o Mestre Neguinho do Samba, que anos depois criaria o ritmo samba reggae, fundamental para a música contemporânea da Bahia. Em paralelo ao trabalho no período festivo, o Alvorada desenvolve ações sociais no bairro do Gravatá, onde está sua sede como capacitação de jovens, em parceria com os poderes municipal e estadual.

 

SERVIÇO

O que: Aniversário de 44 anos do bloco Alvorada com missa e Festa da Diversidade Cultural com feira de afroempreendedores

Quando: 20 de janeiro (domingo)

Atrações musicais: Bambeia, Na Média e Partido Popular, além das participações de Aloísio Menezes, ​ Roberto Mendes, Arnaldo Rafael (Samba de Cozinha) e Valdélio França, às 16h

Local: Praça Tereza Batista, Pelourinho

Ingresso solidário: R$ 10

Tags: , ,

Deixe um comentário

 
Governo da Bahia  ©2019 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.