Programas

Afrociberdelia em homenagem a Science

9 de março de 2016

nação zumbi e chico science afrociberdelia-reproducaoO Especial das Seis encerra a semana celebrando os 20 anos de um dos mais influentes e revolucionários álbuns da música brasileira. O guitarrista Lucio Maia e o baixista Dengue comentam o “Afrociberdelia” e homenageiam Chico Science, mentor do movimento manguebeat que faria 50 anos no próximo domingo (13).

O disco foi o segundo lançamento de estúdio da Nação Zumbi e conseguiu ir musicalmente um pouco mais além do que o primeiro, “Da Lama Ao Caos” de 1994, imprescindível para a composição do “Afrociberdelia”. “Do primeiro pra o segundo (disco) a gente fez turnê. A gente não tinha feito isso antes, então a gente praticamente se profissionalizou, conheceu mais pessoas e teve muito mais colaborações de pessoas de fora. Então eu acho que é um disco mais enriquecido, mais maduro do que o primeiro” (sic), explica o guitarrista.

Além de mentor, Chico Science foi o principal articulador do manguebeat, movimento que trouxe o “expressar sonoro dos caranguejos com cérebro” cuja música se origina principalmente da mistura entre maracatu, frevo, rock, funk e hip hop. O pernambucano morreu em um acidente de carro em fevereiro de 97, menos de um ano após o lançamento do trabalho mais conhecido da banda. “Chico era uma pessoa iluminada que veio pra concretizar uma ideia que ele tava fixo, que era fazer música, que era conseguir fazer alguma coisa pela música” (sic), finaliza Maia.

Nesta edição vamos ouvir “Macô”, com a participação de Gilberto Gil, “Cidadão do Mundo”, com o coprodutor BiD, e “Maracatu Atômico”, composta por Jorge Mautner e Nelson Jacobina.

Produção: Ananda Brasileiro

O Especial das Seis vai ao ar pela 107.5 Educadora FM às 18h e também pode ser ouvido online no portal educadora.ba.gov.br.