Programas

“40 Anos Depois” celebra estrada de Bosco

6 de março de 2015
João Bosco - 40 Anos Depois (Joana Mendonça-Divulgação) 06

Foto: Joana Mendonça/Divulgação

João Bosco comenta composições que marcaram a carreira, entre músicas autorais e de outros artistas, no disco que é destaque do Especial das Seis desta segunda-feira (09). O cantor, compositor e violonista vai apresentar uma amostra do trabalho mais recente, “40 Anos Depois”, projeto de 2012 que rendeu CD e DVD.

Gravado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, o trabalho já entrega no próprio título o caráter comemorativo da empreitada, que tem adesão de vários artistas. Em “40 Anos Depois”, João Bosco toca com Chico Buarque, Milton Nascimento, João Donato, Roberta Sá, Toninho Horta, Trio Madeira Brasil e Cristóvão Bastos. “É um disco onde revi uma obra de amigos que são importantíssimos na minha formação musical”, explica.

Um dos objetivos do músico foi fugir de um repertório formado apenas pelos grandes hits. “Aproveitei para não gravar canções que entraram no DVD anterior, ‘Obrigado Gente’”. O intento não impediu que constasse no trabalho um dos grandes sucessos. “Quando eu conversei com Chico Buarque que eu queria gravar uma canção dele, ‘Bom Tempo’, ele disse: ‘Puxa, tem um samba que eu canto muito no chuveiro, e eu queria muito gravar’. Eu perguntei, ‘qual?’ e ele respondeu ‘Mestre Sala dos Mares’, daí gravamos.”

No trabalho, o mineiro conta com uma banda que tem Ricardo Silveira e Nelson Faria nas guitarras, Jorge Helder no baixo acústico, João Baptista no baixo elétrico, Armando Marçal na percussão e Kiko Freitas na bateria. A produção é assinada por Bosco, João Mário Linhares e Amaury Linhares.

A seleção musical deste Especial das Seis inclui ainda as canções “De Frente Pro Crime”, “Plataforma” e “Eu Não Sei Seu Nome Inteiro”, que traz uma participação de João Donato.

Produção: Lara Maiato

O Especial das Seis vai ao ar pela 107.5 Educadora FM às 18h e também pode ser ouvido online pelo www.irdeb.ba.gov.br/educadoraonline.