Roda Viva

01/04/2009 10:50:12

heitor_martins_gA Fundação Bienal de São Paulo foi criada em 1962, onze anos depois do empresário Ciccillo Matarazzo realizar a Primeira Bienal de Artes, em 1951, no mesmo local onde hoje está localizado o MASP - O museu de Artes de São Paulo. Com a construção do Parque do Ibirapuera, a Bienal passou a ocupar o Pavilhão das Nações, que se tornou a sede definitiva da Fundação.

Criada há quase meio século, a Bienal teve papel decisivo na inserção de São Paulo no circuito internacional das artes e firmou-se como agente importante na divulgação e produção de arte no país. Trouxe ao Brasil milhares de obras de grandes artistas de todas as partes do mundo e reuniu em seus espaços as mais significativas, provocantes e polêmicas exposições e instalações artísticas.

As últimas mostras foram marcadas por problemas financeiros, administrativos e de curadoria e revelaram uma crise na Fundação, com o acúmulo de dívidas, críticas e acusações.

Heitor Martins é formado em Administração Pública, fez carreira no meio empresarial e foi eleito presidente da Fundação Bienal de São Paulo em maio de 2009.

Entrevistadores: Eduardo Saron, superintendente de atividades culturais do Itaú Cultural; Fabio Cypriano, repórter e crítico do jornal Folha de S. Paulo e professor de jornalismo cultural da PUC de São Paulo; Gisele Kato, editora de artes plásticas da revista Bravo! e Camila Molina, repórter de artes visuais do Caderno 2, do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: TV Cultura.