Mês da Consciência Negra na TVE e Educadora FM

01/11/2018 17:34:58

altAlém de documentários, curtas e animações, programação das emissoras públicas trazem importantes expressões da música e da literatura negras


Novembro, na TVE, é símbolo de resistência. Desde 2016, reconhecida como a emissora na Bahia da Década Afrodescendente, a TVE produz conteúdos voltados para os temas de combate ao racismo e promoção da igualdade étnico-racial.


Em parceria com a I Mostra Itinerante de Cinema Negro – Mahomed Bamba, a TV pública da Bahia exibe, a partir do dia 6, obras da edição. Dentre as produções apresentadas estão ‘Do que aprendi com minhas mais velhas’, ‘Òrun Àiyé – A criação do Mundo’, ‘Anamnese’, ‘O lá e o aqui’, ‘Nascida para Matar’, ‘Cabeças Falantes’, ‘Sujeito Objeto’, ‘Quimera’, ‘Retrato sem Retoques – A África na UFPE’, ‘Hic’, ‘Transição’, ‘Teto’ e ‘Em busca de Lélia’. São curtas metragens de ficção, documentários, animação e obras experimentais, nacionais, produzidos por realizadores negro(a)s ou sobre temáticas negras, dentre elas a diáspora e a ancestralidade. Os filmes serão exibidos a partir do dia 06, em diferentes horários.


A TVE também transmite ao vivo a abertura do calendário estadual do Novembro Negro, promovido pela Sepromi, no dia 08, direto da sala principal do TCA. A apresentação é do Bando de Teatro Olodum e um dos convidados é Lazzo Matumbi.


Outro destaque é o documentário ‘Quilombo Rio dos Macacos’, que ganhou os prêmios de Melhor Longa Baiano do Júri Oficial e do Júri Jovem, no XIII Festival Internacional Coisa de Cinema, em Salvador. A produção conta a história de um quilombo entre os municípios de Salvador e Simões Filho, que vive há décadas em conflito com a Marinha do Brasil. O filme, dirigido por Josias Pires e produzido por Marcela da Costa, e terá exibição inédita sexta-feira (16), às 20h15 com reapresentação sábado (24), às 17h.


Há também a homenagem ao Mestre Moa do Katendê. A TVE exibe no dia 30, às 20h15, o documentário ‘Mestre Moa do Katendê - A Primeira Vítima’, do diretor Carlos Pronzato. Ele e o produtor, Paulo Magalhães, em 14 dias, conseguiram reunir mais de 30 entrevistas e imagens de atos culturais em memória do capoeirista, morto após uma discussão política no último dia 8 de outubro.


Já o documentário ‘1798: Revolta dos Búzios’, com direção e roteiro do cineasta baiano Antônio Olavo, será exibido quarta-feira (14), às 21h15. A obra traz como protagonistas dezenas de homens negros que planejaram um levante para derrubar o governo colonial, proclamar a independência e implantar uma República democrática. O filme terá reapresentação no sábado (17), às 17h.


A série documental ‘Saberes Passados’ também será veiculada na telinha. A obra dirigida e roteirizada por Ducca Rios, retrata a relação entre os personagens (aprendizes) e seus orixás (mestres) na preservação do conhecimento ancestral e de matriz afro-brasileira. A série de quatro episódios será exibida todas as segundas, sempre às 17h30.


O programa Perfil e Opinião também tem uma entrevista especial neste mês, com a major Denice Santiago, que comanda a Ronda Maria da Penha, unidade da Polícia Militar baiana que acompanha mulheres vítimas de violência doméstica. Vai ao ar dia 21, às 20h15.


No dia da Consciência Negra (20), às 20h15, pela primeira vez na tevê, tem o projeto ‘Mulher com a Palavra’ – Ano 3, com a escritora Conceição Evaristo e a cantora Karol Conka. Esse encontro tem como foco o feminismo negro brasileiro, pulsante e atuante nas mais variadas expressões - artísticas, políticas, sociais e culturais.


Os intervalos também estão repletos de novos conteúdos. Estreia a série Escritoras Negras, de Hewelin Fernandes e César Fernando de Oliveira – produção Campo Criativo e Fligê. A Juventude Negra também é tema de outra série de nove vídeos, com diferentes abordagens e trajetórias de jovens e de coletivos da Bahia.


MÚSICA – Os shows de artistas e grupos afrodescendentes tem espaço especial na programação da TVE e da Rádio Educadora. O Palco TVE exibe no dia 03 o show da diva Elza Soares. No dia 10 a força do Ilê Aiyê marca presença, ao lado de Daniela Mercury e Criolo. Dia 17, Larissa Luz ocupa o Palco TVE e no dia 24 o encontro é do Cortejo Afro com o Baiana System. O programa é exibido aos sábados, às 20h.


A Educadora FM transmite ainda os shows das cantoras e compositoras baianas Larissa Luz e Luedji Luna ao vivo direto do Festival Radioca, nos dias 10 e 11/ 11, na praça Quincas Berro D´àgua, no Pelourinho. Já o programa Tambores da Liberdade apresenta durante o mês inteiro um conteúdo exclusivo, começando no dia 03/11, em um programa em homenagem ao Ilê Aiyê, no dia 10/11, a homenageada é Dandara dos Palmares, dia 17/11, o programa faz uma homenagem à Zumbi e no fim do mês, no dia 24/11, a roda de conversa do Tambores da Liberdade é sobre quilombolas. O programa começa às 18h, todos os sábados pela 107.5 Educadora FM.


Acompanhe a TVE Bahia nas redes sociais:

facebook.com/tvebahia

youtube.com/tvebahia

twitter.com/tvebahia

instagram.com/tvebahia


Acompanhe a Educadora FM nas redes sociais:

facebook.com/educadorafmba

twitter.com/educadorafmba

instagram.com/educadorafmba