Salvador, 19 de outubro de 2020
Portal do IRDEB
Principal

Série documental Comida Aqui é Mato une a rica culinária baiana à cultura das PANCs


Comida Aqui é Mato estreia dia 14 de julho, às 20h, na tela da TVE Bahia. A produção foi contemplada no Edital Bahia na Tela do Governo do Estado. A série documental trata de gastronomia baiana a partir das PANCs (Plantas Alimentícias Não Convencionais), com um ritmo revelador e uma linguagem contemporânea. Ancorado por uma Apresentadora, Mona, e um Chef de Cozinha, Alício, especialista na área, vamos visitar comunidades e conhecer pratos saborosos e saudáveis em diversos cantos da Bahia numa viagem culinária de descobrimento.

Seremos apresentados ao contexto cultural e ambiental dos personagens locais, destacando as plantas tradicionais utilizadas em sua culinária. Mona e Alício vão conhecer lugares interessantes sejam urbanos ou rurais, descobrir plantas e receitas e compartilhar estes conhecimentos. Cada episódio vai valorizar o ambiente e os personagens locais e esses elementos vão nortear o tom do programa.

A visão original do projeto parte da ideia que a valorização da gastronomia baiana envolve

produtos gastronômicos com base em insumos locais. Neste sentido, a serie se dedica a dialogar com as culturas locais a partir das Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs), que não são amplamente comercializadas, mas possuem grande representatividade para alguns povos pelo seu alto valor nutricional, facilidade de cultivo adequado à conservação da biodiversidade, assim como seu potencial gastronômico imenso.

Vale ressaltar que o investimento na cozinha tradicional não significa a paralisação da gastronomia baiana, mas sim como as tradições podem servir de esteio para novos criadores. É a partir dela que uma sociedade aprende a compreender seu passado. A gastronomia na contemporaneidade vincula-se com as mais diversas frentes da sociedade, promovendo produtos locais, fomentando o empreendedorismo, gerando novos produtos e empoderando nossa cultura. Vamos mostrar como essas plantas poderiam ser facilmente cultivadas e inseridas em nossos pratos cotidianos.

O Brasil possui uma variedade considerável destas plantas, utilizadas como hortaliças folhosas, frutos, raízes e tubérculos. Na maioria dos casos, envolve espécies desconhecidas da maior parte da população, entretanto costumam apresentar grande representatividade regional, a exemplo da taioba, utilizada historicamente em pratos da culinária baiana, e da palma que é incorporada à culinária local na Chapada Diamantina e grande parte do Sertão. Vamos aumentar o acesso ao conhecimento que envolve essas plantas, despertando o desejo de consumo: Lembrem-se, Comida aqui é Mato!



 

© 2019 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.